Arquivo da tag: Picanto

Preços dos carros da Kia depois do reajuste do IPI até 31 de outubro


A Kia Motors do Brasil anunciou na última quinta-feira, 13 de outubro, sua nova tabela de preços sugeridos para o mercado nacional. O reajuste realizado por conta do decreto 7.567, que elevou o IPI em 30%, atingiu todos os dez modelos comercializados pela marca sul-coreana.

O aumento nos preços foi de, em média, 8,41%. O compacto Picanto, que tinha versões a partir de 34.900 reais, sofreu o maior reajuste. Com o incremento de 12,46% repassado ao consumidor, o popular agora começa em 39.900 reais.

O Soul, cuja linha 2012 traz novo visual e transmissão de seis velocidades tanto na opção manual quanto na caixa automática, teve reajuste de 7,59%, custando a partir de 59.900 reais.

O Cerato, que atualmente ocupa a vice-liderança entre os sedãs mais vendidos, teve um aumento médio de 10,15%, enquanto que a Carens viu seus preços subirem 9,92%. A minivan Carnival subiu 7,23% e o sedã Cadenza teve aumento médio de 9,94%.

Sportage e Sorento tiveram altas de 6,57% e 8,46%, respectivamente, ao passo que o Mohave teve um reajuste de 10,9%. O último modelo a passar pelo reajuste foi o caminhão leve Bongo, com alta de 4,02% em seus preços.

O presidente da Kia Motors, José Luiz Gandini, afirmou que, por conta da medida do governo, os valores podem subir ainda mais nos próximos meses.

“Chegamos a essa média ponderada de 8,41% e os preços são válidos até o dia 31 de outubro. Infelizmente temos de repassar o aumento compulsório do IPI. Mas, em respeito ao consumidor, viabilizamos o menor porcentual possível, neste primeiro momento. Mas, de modo escalonado, teremos de fazer novos repasses em novembro e em dezembro”, declarou Gandini.

A tabela preliminar divulgada pela Kia é válida até 31 de outubro.

Veja a nova tabela de preços dos carros de passeio da Kia Motors:

Picanto (J.318): de R$ 34.900 para R$ 39.900
Picanto (J.319): de R$ 38.900 para R$ 43.900
Picanto (J.320) de R$ 39.900 para R$ 44.900
Picanto (J.368): de R$ 39.900 para R$ 44.900
Picanto (J.369): de R$ 43.900 para R$ 48.900
Picanto (J.370): deR$ 44.900 de R$ 49.900

Soul (U.121): de R$ 54.400 para R$ 59.900
Soul (U.123): de R$ 62.400 para R$ 66.900
Soul (U.124): de R$ 60.400 para R$ 64.900
Soul (U.126): de R$ 62.400 para R$ 66.900
Soul (U.173): de R$ 67.400 para R$ 71.900
Soul (U.174): de R$ 65.400 para R$ 69.900

Cerato (E.221): de R$ 53.400 para R$ 59.400
Cerato (E.222): de R$ 56.900 para R$ 63.400
Cerato (E.233): de R$ 59.900 para R$ 64.900
Cerato (E.273): de R$ 61.900 para R$ 67.900
Cerato (E.283): de R$ 64.900 para R$ 69.900
Cerato Koup (E.387): de R$ 79.900 para R$ 89.900

Carens (C.162): de R$ 69.400 para R$ 76.900
Carens (C.167): de R$ 79.700 para R$ 86.900

Carnival (V.291): de R$ 124.900 para R$ 134.900
Carnival (V.296): de R$ 154.900 para R$ 164.900

Cadenza (Z.554): de R$ 119.900 para R$ 132.900
Cadenza (Z.555): de R$ 124.900 para R$ 136.900
Cadenza (Z.556): de R$ 127.900 para R$ 139.900

Sportage (P.324): de R$ 83.900 para R$ 88.900
Sportage (P.374): de R$ 87.900 para R$ 93.400
Sportage (P.394): de R$ 97.900 para R$ 104.900
Sportage (P.395): de R$ 97.900 para R$ 104.900
Sportage (P.396): de R$ 105.900 para R$ 112.900
Sportage (P.495): de R$ 103.400 para R$ 109.900

Sorento (S.253): de R$ 98.400 para R$ 107.900
Sorento (S.356): de R$ 117.900 para R$ 124.900
Sorento (S.456): de R$ 122.900 para R$ 132.900
Sorento (S.554): de R$ 118.150 para R$ 128.900
Sorento (S.558): de R$ 121.900 para R$ 132.900
Sorento (S.654): de R$ 123.150 para R$ 133.900
Sorento (S.658): de R$ 126.900 para R$ 137.900

Mohave (H.558): de R$ 169.900 para R$ 179.900
Mohave (H.658): de R$ 139.900 para R$ 159.900
Mohave (H.858): de R$ 159.900 para R$ 179.900

Envelopamento de Carros

Você já viu um i30 branco rodando por aí? Difícil, pois a Hyundai traz o hatch ao Brasil apenas nas cores prata, preta e raríssimas unidades em azul. Mas isso pode mudar com o uso de películas adesivas. “Tudo começou com a moda do preto fosco, mas a tendência agora é o branco fosco”, conta Daniel Lopes, da loja paulistana H3 Customs.

Encapar um carro parte de R$ 1.800 no caso de um hatch como o i30. “Há películas mais baratas, mas de baixa qualidade. O ideal são os materiais importados, que suportam chuva e outros efeitos climáticos”, conta Lopes. A película passa três anos sem desbotar, embora exija cuidados. Um esbarrão com chave ou calça jeans pode ocasionar uma manutenção precoce. “Tem que tomar cuidado, como se fosse uma carroceria normal.”

As opções de cores e acabamentos são infinitas, podendo elevar o preço do trabalho às alturas. “Existem películas que imitam cromado, aço escovado e até mármore, mas ainda não peguei nenhum trabalho desse tipo”, explica o customizador. Para deixar o carro com acabamento semelhante à tinta cromada, são necessários R$ 5 mil. Também há quem use a fita para cobrir peças de carros antigos, como os para-choques. Já no teto é muito usada a película que imita fibra de carbono.

Após a cobertura adesiva, é preciso alterar o documento (caso a cor escolhida seja diferente do tom da pintura original) e não se pode lavar o carro por três dias. Mas a grande vantagem em relação à tinta é que gasta-se menos e, se enjoar, é só voltar ao normal, com a pintura original intacta.

Direto da concessionária
A onda dos adesivos anda tão em alta que você já pode sair da loja com seu carro 0 km personalizado. A Fiat entrou nessa desde que lançou o novo Uno, com cinco kits. Segundo Renata Pirangeli, vendedora de acessórios da concessionária Paulitália, de São Paulo, até 40% dos Unos saem com ao menos um adesivo. O preço varia de R$ 56 para um autocolante pequeno até R$ 1.900 o pacote completo. “O público é mesclado entre homens e mulheres, na faixa de 18 aos 35 anos”, conta ela.

Os campões de venda são os temas Tribal, “para os jovens surfistas”, e o Arabesco, entre o público feminino. Uma boa tática da marca foi a instalação de displays nas lojas, onde o consumidor testa os adesivos no carro por meio de ímãs. A Kia também oferece a personalização em algumas concessionárias, como a Acta, de Osasco (SP). Para Soul e Picanto, faixas duplas são as mais pedidas, por R$ 350. Cerato e Sportage podem ganhar o teto na cor preta ou semelhante à fibra de carbono, por cerca de R$ 500. Bandeiras de países no teto também são pedidas, como as utilizadas no Mini Cooper, outro modelo com boas opções de adesivos. Envelopamento de Carros no Brasil já é moda.

Fonte: G1

Kia fica em 10° lugar no ranking nacional de emplacamentos

Em março, marca coreana ultrapassa vendas de Peugeot, Nissan e Mitsubishi

Não é surpresa que Fiat, VW, GM e Ford ocupem as primeiras posições do ranking nacional de emplacamentos divulgado hoje. O que surpreende é que a Kia Motors já aparece em décimo lugar, à frente de Peugeot, Nissan e Mitsubishi , montadoras com fábricas no Brasil, conforme ranking divulgado pela Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos). De março a janeiro deste ano, a marca coreana vendeu 17.330 veículos, o que significa uma alta de 59,5% no acumulado do ano em relação ao mesmo período em 2011.

Já o aumento em relação ao mês de fevereiro foi de 13,1%, totalizando 6.764 veículos emplacados. Em março, o modelo mais vendido da marca foi o sedã Kia Cerato, que só em março chegou a 1.928 unidades emplacadas, seguido do Soul, com 1.515, e Picanto, com 1.174. No entanto, no acumulado do ano, a marca corena está em 11º lugar, com 17.491 unidades vendidas atrás da Peugeot (19.742) e na frente da Nissan (13.397).

Fonte: G1

Kia mostra interior do novo Picanto

Nova geração do hatch pequeno chega ao Brasil no segundo semestre, já com motor flex

A Kia terá a nova geração do hatch  Picanto entre suas principais novidades no Salão de Genebra ( Suíça), em março. O carro será vendido no Brasil a partir do segundo semestre, já equipado com motor 1.0 bicombustível.

Até agora, a marca coreana havia revelado apenas algumas imagens externas do carro, mas resolveu antecipar nesta quarta-feira (19) fotos do interior.

 

Pelo o que é possível perceber, o carro evoluiu bastante quando o assunto é desigin,tanto por dentro quanto por fora. No interior, tudo continua simples, mas com um aspecto mais esportivo e atual, mais notamente pelo volante multifuncional, que parece ter base achatada, como em alguns modelos da Audi. Além disso, o painel ganhou melhor ergonomia, assim como os comandos dos vidros nas portas.

 

 

Fonte: Autonews

 

 

 

Kia revela a nova geração do Picanto

Segundo a marca, novidade é mais ousada, mais madura e mais confiante.
Compacto estreia no Brasil no segundo semestre deste ano com motor flex.

Seis anos após a apresentação do atual do Picanto e depois de muitas especulações e flagras, a Kia revelou finalmente a nova geração do compacto, que fará a sua estreia no Salão do Automóvel de Genebra.

O modelo é completamente novo e será oferecido na maioria dos mercado com cinco portas. Sob o capô está confirmado um novo motor 1.0 e há especulações de que sejam oferecidas ainda versões 1.2 e 1.1 a diesel.

De acordo com a Kia, o novo Picanto é mais “mais ousado, mais maduro e mais confiante” com uma carroceria mais longa, interior mais esportivo e linhas marcantes. Assim como os recentes modelos da marca sul-coreana, a novidade traz a grade dianteira que lembra um “rosnar de um tigre”.

A estreia do novo Picanto no mercado nacional está prevista para o segundo semestre e já virá com motor flex.

Fonte: G1