Arquivo da tag: Lamborghini Gallardo

Lamborghini revela versão mais extrema do Gallardo LP570-4

Motor V10 de 5.2 litros, superesportivo italiano tem 570 cv a 8.000 rpm e vai de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos

foto-imagem-Lamborghini

 

Nesta segunda-feira (9), a Lamborghini revelou a Gallardo LP570-4 mais extrema de sua história. A versão, chamada Squadra Corse, está sendo apresentada no Salão de Frankfurt. O superesportivo italiano tem motor V10 de 5.2 litros, capaz de despejar 570 cv a 8.000 rpm. O bloco é integrado a uma caixa de câmbio de seis velocidades automática. Juntos, eles levam o modelo de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, com velocidade máxima de 320 km/h. Na Europa, será vendido por € 191.100, o equivalente a R$ 576.858 na cotação atual.

A edição especial é derivada do Lamborghini Blacpain Super Trofeo, carro de corridas da montadora. Do veículo de alta performance, o “civil” Gallardo LP570-4 herdou o motor V10 e o generoso aerofólio, que oferece três vezes mais carga aerodinâmica do que o modelo LP560-4. Sem isso, provavelmente o carro sairia voando, já que tem tem a carroceria é fabricada a partir de  alumínio e fibra de carbono, materiais extremamente leves.

Essa base somada ao interior feito de fibra de carbono deixaram o Gallardo LP570-4 Squadra Corse com 1340 kg, 70 kg a menos do que o LP 560-4. Assim, conquistou uma relação potência-peso de 2,35 kg por cv. Para finalizar, o superesportivo recebeu acabamento interno em couro Alcantara e três faixas externas nas cores da bandeira italiana.

foto-imagem-Lamborghini

 

foto-imagem-lamborghini

Vídeo da destruição de uma Lamborghini Gallardo – Chinês insatisfeito com o carro convocou a imprensa para filmar a destruição do automóvel

ASSISTA AO VÍDEO DA DESTRUIÇÃO

Sabe aquele Lamborghini Gallardo, um superesportivo dos sonhos com motor V10 de 560 cv de potência, oferecido por até R$ 1,6 milhão no Brasil? Acredite se quiser, há quem destrua um carro desses. O fato aconteceu na China, mais precisamente na região de Qingdao. Insatisfeito com seu carro, um consumidor chinês resolveu destruí-lo.

Os problemas começaram em novembro, quando o Gallardo sequer dava partida. O dono levou o carro à concessionária da marca e não teve o problema resolvido, além de recebê-lo com avarias. Após inúmeras tentativas de conserto e até mesmo um contato com Stephan Winkelmann, CEO da montadora italiana, o problema não se resolveu e o proprietário tomou uma decisão drástica.

Revoltado, ele convocou a imprensa e diversas pessoas no Dia do Consumidor chinês, nesta terça-feira (15) e destruiu o carro com marretadas e chutes. O superesportivo ficou completamente destruído e rasgou o coração de muitos fanáticos pelo mundo. Será que valeu a pena tomar uma atitude como essa?