Arquivo da tag: Golf

Montadora quer que a nova geração do hatch seja referência em conectividade

A Volkswagen tem novos planos para o Golf. De acordo com fontes do Automotive News Europe, a montadora pretende começar a produção em setembro e apresentar a oitava geração do seu icônico hatch médio em outubro.

Os projetos da Volkswagen para o novo Golf passaram por algumas idas e vindas. A ideia original era mostrá-lo no Salão do Automóvel em Frankfurt, que tradicionalmente acontece em setembro. Mas o plano foi deixado de lado para que o foco do evento seja o novo ID, primeiro modelo da linha de veículos totalmente elétricos. Posteriormente, falhas eletrônicas teriam feito com o que seu lançamento fosse adiado para fevereiro, o que foi negado.

A intenção da Volkswagen é que a nova geração do hatch seja referência na indústria quando se trata de conectividade do painel — o que envolve muitas linhas de código, o trabalho de dezenas programadores e diversos bugs no sistema.

Dentre as facilitações prometidas está um app que permite que o motorista destranque as portas com uma chave digital, acionada via celular.

 

Descontos em carros – Modelos Gol, Golf e Ka têm descontos de até R$ 4 mil

Modelos como Fiat Mille, Ford Ka, Volkswagen Gol G4 (geração antiga), Golf (geração antiga) e Kombi tiveram a produção encerrada em dezembro passado, mas ainda podem ser encontrados nas concessionárias. O G1 consultou, entre o fim de janeiro e o início de fevereiro, 76 concessionárias que respondem pelo estoque de 125 distribuidores, em sete capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza e Manaus) e encontrou descontos que podem chegar a R$ 4 mil. Veja abaixo.

grazie-mille-carro-foto
Fiat Mille
Preços iniciais sugeridos:
Economy 2 portas: R$ 22.540
Economy 4 portas: R$ 24.320

As últimas unidades do Mille saíram da fábrica da Fiat em Betim (MG) em dezembro. Como não atendia à obrigatoriedade de airbags e freios ABS, válida a partir deste ano, o Mille deixou o mercado após quase 30 anos.

Mesmo com o encerramento da produção, ainda há estoque em 22 das 28 concessionárias da marcas pesquisadas. Em todas elas, é possível encontrar a série especial de despedida Grazie Mille, mais cara. A maioria das lojas informou cobrar o preço de tabela, R$ 31.200. Mas havia descontos em concessionárias de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba e Manaus, chegando a R$ 29.800. Uma loja paulista, no entanto, vendia a série por R$ 32 mil, com sobrepreço de R$ 800.

A versão básica, Economy 2 portas, que no site da marca aparece com preço de R$ 22.540, foi encontrada apenas em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. O menor valor pedido foi de R$ 20 mil, na capital paulista. A mesma versão, mas com 4 portas, só estava disponível em Manaus, Belo Horizonte e Curitiba. E, na maioria das vezes, com sobrepreço.

ford-ka-vermelho_arizona-carro-foto
Ford Ka
Preços sugeridos:
Básica: R$ 24.200
Intermediária: R$ 26.700
Completa: R$ 28.600

Com a proximidade do lançamento do Novo Ka, que deve chegar ainda no primeiro semestre deste ano, e a ausência de airbag e freios ABS, a atual geração do compacto deixou de ser produzida em dezembro passado. Nas 24 revendas da Ford pesquisadas, o Ka foi encontrado apenas em metade delas.

Cinco concessionárias tinham a versão mais simples, sendo que três delas ofereciam descontos de, no máximo, R$ 1.300. Por outro lado, uma distribuidora do Rio de Janeiro informou um sobrepreço de R$ 1.800.

Os maiores descontos estão nas unidades mais completas. Em São Paulo, o Ka com todos os opcionais pode ser encontrado por R$ 27.400, já com pintura metálica. O valor está R$ 1.900 abaixo da tabela.

gol-carro-foto
Volkswagen Gol G4
Preços sugeridos:
2 portas: R$ 26.050
4 portas: R$ 28.130

O Gol G4, além de não atender às novas normas de segurança, também dá adeus ao mercado porque foi substituto pelo Up!, que chega no final do mês.

De acordo com as lojas consultadas, há poucas unidades ainda à venda, sendo que os estoques já se esgotaram em concessionárias de Fortaleza e Belo Horizonte.

O hatch foi encontrado em apenas oito das 24 autorizadas Volkswagen pesquisadas, sempre com desconto. Na maioria dos casos, a única opção disponível para o cliente era a de duas portas. O menor desconto informado foi de R$ 2.550, e o maior, de R$ 3.060. Na tabela da Volks, o Gol G4 custa a partir de R$ 26.050, com duas portas, e R$ 28.130, com quatro portas.

golf-foto-carro

Volkswagen Golf
Preços sugeridos:
Sportline 1.6: R$ 58.900
Sportline 1.6 Limited Edition 1: R$ 61.715
Sportline 1.6 Limited Edition 2: R$ 62.661
Sportline 2.0 Tiptronic: R$ 64.370
Sportline 2.0 Tiptronic Limited Edition 2: R$ 68.131

O Golf vendido no Brasil antes da chegada da sétima geração estava em linha desde 2007, praticamente sem mudanças desde então. Agora, com um hatch mais moderno, a marca confirmou que encerrou a produção do antigo Golf em dezembro. Mas ele ainda consta no site da marca, em quatro versões.

Na prática, há descontos, quase sempre generosos. A versão mais fácil de ser encontrada é equipada com algum dos pacotes Limited Edition, que inclui teto solar, bancos esportivos de couro e, no caso da mais completa, rodas de liga leve aro 17.

O preço mais baixo verificado foi de uma concessionária em Curitiba, onde uma unidade com o pacote Limited Edition 1 era oferecida com R$ 3.661 de desconto, por R$ 59 mil, valor praticamente idêntico ao da versão Sportline básica.

O Golf equipado com câmbio automático só foi encontrado em duas concessionárias, sempre na versão Sportline. Em Curitiba, o desconto foi de R$ 3.170, enquanto, em São Paulo, o abatimento era de apenas R$ 131.

foto-kombi-last-edition
Volkswagen Kombi
Preços sugeridos:
Furgão: R$ 48.120
Standard: R$ 52.070
Last Edition: R$ 85.000

A Kombi deixou o mercado como o veículo que mais tempo ficou em produção no país. A veterana era fabricada desde 1953.

Para celebrar o fim da Kombi, a Volkswagen criou a série especial Last Edition, limitada a 1.200 unidades. Ela vem com pintura em dois tons, bancos em vinil, cortinas em tear azul, pneus com faixa branca e placas de identificação numeradas. O preço? Salgados R$ 85 mil.

Das 24 lojas pesquisadas, a Last Edition era vendida pelo preço de tabela em oito, com desconto em três e sobrepreço em outras três. O maior desconto foi de R$ 4 mil, e o maior acréscimo, de R$ 4.900, chegando a R$ 89.900.

Versões “comuns” da veterana também foram encontradas. Na Furgão, todas as revendas informaram que dão descontos, que chegaram a R$ 3.120. Uma loja de Brasília se aproveitou do fato de ser a única do Distrito Federal onde havia o modelo Standard, para passageiros, e o vendia com sobretaxa de R$ 3.430.

Longas duração

foto-imagem-a200-golfA 200: 24 660 km

Golf: 3 067 km

O Longa já teve vários carros com rodas grandes e pneus de perfil baixo, mas nunca atravessamos uma onda tão grande de pneus danificados em tão pouco tempo.

No mês passado, relatamos que o A 200 teve o pneu dianteiro direito condenado e que, devido à quilometragem já rodada, o correto seria trocar também o seu vizinho de eixo, o esquerdo. Porém, logo após o fechamento, o esquerdo também apresentou uma bolha. Em seguida, foi a vez de o Golf ganhar um calo no pneu. Com exceção da primeira, as demais bolhas brotaram sem que um grande impacto fosse relatado pelos motoristas. Por esse motivo, convocamos a equipe e pedimos atenção redobrada ao volante.

O par de pneus do Mercedes saiu por 2 945 reais e nos levou a fazer uma viagem até o Paraná: a única autorizada que tinha os itens era a Divesa, em Curitiba. De volta a São Paulo, na revisão dos 24000 km solicitamos a troca dos pneus e uma verificação dos ruídos na dianteira e nos cintos.Após dois dias de serviço, pagamos 1225 reais: 300 pela montagem dos pneus, alinhamento e balanceamento, 336 pelo filtro de cabine e 589 da revisão em si, com troca de óleo e filtro.

No caso do Golf, a própria rede sugeriu uma saída de baixo custo. “Transforme o conjunto danificado em estepe. Só é preciso lembrar de não atingir alta velocidade caso algum dia precise colocar novamente o pneu com bolha para rodar”, disse o consultor da Itavox.

Consumo A 200

No mês (26,4% na cidade) – Gasolina 10 km/l

Desde jul/13 (32,4% na cidade) – Gasolina 10,6 km/l

Consumo Golf

No mês (27,4% na cidade) – Gasolina 10,6 km/l

Desde dez/13 (43,5% na cidade) – Gasolina 10,4 km/l

Golf eleito o carro do ano 2014

foto-imagem-golf

O vencedor da 47ª edição do prêmio Carro do Ano é o Volkswagen Golf, deixando para trás os rivais Ford Focus, Peugeot 208, Renault Logan e Citroën C4 Lounge. O título vem para coroar a trajetória de sucesso do hatch, já consagrado na Europa e nos Estados Unidos, e agora também no mercado nacional.

A chegada da sétima geração do Golf ao Brasil veio para acabar com o período de não atualização do modelo, que havia estacionado na geração 4,5, e para se tornar o líder do segmento dos hatches médios no país, missão já cumprida. Em novembro, o VW emplacou 2.034 unidades, de acordo números divulgados pela associação de revendedores Fenabrave. Os dados incluem também os números de vendas da geração anterior, mas ainda assim foi bastante incrementado graças à nova geração.

“A premiação concedida por jornalistas especializados em automóveis é a mais importante para nós da Volkswagen, pois é a escolha dos profissionais que têm a maior capacidade de comparar o que há no setor, os produtos e as tecnologias”, afirmou o diretor de comunicação da Volkswagen no Brasil, André Senador.

À venda no país com preço a partir de R$ 67.990, o Golf é importado da Alemanha, mas já tem a confirmação de produção local, a partir de 2016, na fábrica de São José dos Pinhais (PR). E de acordo com o gerente de desenvolvimento de produto José Luiz Loureiro, o hatch nacional será idêntico ao alemão. “Por ser um projeto globalizado, o que aporta no Brasil é o mesmo vindo da Europa”, ressaltou.

A Volkswagen adiantou seu otimismo em disputar o próximo Carro do Ano. “Teremos muitas novidades, uma delas já no começo do ano. Será uma alegria se conseguirmos de novo ser o Carro do Ano”, destacou Senador, referindo-se ao compacto up!, que será lançado em fevereiro.

O evento de premiação aconteceu nesta segunda-feira (16), no espaço Villa Vérico, na capital paulista.

VW terá subcompacto e Golf mexicano no Brasil

Modelo médio deixará de ser feito no Paraná para dar lugar ao novo hatch pequeno

Quem esperava pela produção do Golf 7 no Paraná, em substituição ao atual Golf 4 (e meio), pode tirar o cavalinho da chuva. Como tem ocorrido com vários projetos de maior valor agregado, o Brasil perdeu a disputa para o México. O consolo é que ele virá de lá com status (e preço) de carro nacional, já que não recolherá os 35% do Imposto de Importação.

A Volkswagen ainda não anunciou a produção do modelo no México, mas o fará em breve, segundo nossas fontes. De lá está chegando o novo Jetta, que usa a mesma plataforma do hatch médio. Outro indicativo de que o próximo Golf será mexicano é que o New Beetle, feito lá até recentemente, muda para os Estados Unidos na próxima geração, na mesma fábrica do novo Passat norte-americano, em Chatanooga. E o Bora está saindo de linha. Logo, a fábrica fica liberada para produzir Golf e Jetta em grande escala.

A saída do Golf do Paraná também ajudará a liberar espaço no Brasil para a produção em altíssimo volume de um subcompacto, de preço inferior ao do Gol, em 2014. O modelo virá para brigar com o Fiat a ser feito em Pernambuco, posicionado abaixo do Uno. E suas linhas serão próximas às do futuro Lupo europeu. Contudo, o acabamento e o conteúdo no Brasil serão inferiores, de forma que seu preço não fique muito acima de R$ 20 mil.

Fonte: Revista AutoEsporte