Arquivo da tag: Gás Natural e Biocombustíveis

Preço do etanol caiu em 12 estados na semana passada, diz ANP

Maior queda, de 2,9%, foi em postos de São Paulo.
Gasolina ainda é mais vantajosa em todos os estados.

O preço do etanol nos postos do país caiu em 12 estados e subiu em outros 12, de acordo com dados coletados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na semana passada e divulgados nesta terça-feira (10). Na média, o valor foi de R$ 2,325 para R$ 2,304 por litro no período analisado, uma redução em média de R$ 0,02. No entanto, a gasolina segue mais vantajosa em relação ao etanol em todos os estados brasileiros.

Os preços nos postos caíram no Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo na semana encerrada em 7 de maio.

Em São Paulo, a queda foi de 2,9%  No período de um mês, o preço recuou 5,9% nos postos paulistas. Em Roraima, Sergipe e no Distrito Federal o preço do álcool ficou estável.

A maior alta do etanol na semana passada foi registrada em Rondônia, de 3,11%, seguida do Pará, com 1,12%. A maior queda foi verificada em São Paulo, seguida do Rio Grande do Sul, com recuo de 2,44%, e do Paraná, com baixa de 2,11%. O preço médio do etanol nos postos em São Paulo ficou em R$ 2,075 por litro, ante R$ 2,137 na semana anterior. No Paraná, o preço médio ficou em R$ 2,226 (R$ 2,274 na semana anterior).

Álcool X gasolina
Considerando a média do preço da gasolina no país, que foi de R$ 2,914 por litro, ela segue mais vantajosa porque o preço do etanol é competitivo até R$ 2,04 por litro. No país, o preço mínimo registrado para o etanol foi de R$ 1,749 por litro, em São Paulo. O preço máximo foi de R$ 3,06 por litro, no Rio Grande do Sul. Na média de preços, o menor preço médio do etanol foi de R$ 2,075 por litro, registrado em São Paulo, e o maior preço médio foi registrado no Rio Grande do Sul, a R$ 2,791 por litro.

Fonte: G1

Abastecer com Etanol é vantajoso em apenas seis estados

Goiás e São Paulo têm a maior competitividade para o álcool combustível.
Já a gasolina está mais vantajosa em Roraima e no Rio Grande do Sul.

De acordo com os dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o preço da gasolina segue mais competitivo em 20 estados e o Distrito Federal, enquanto abastecer com etanol é vantajoso em seis estados.

O estado do Ceará é o único em que é indiferente o uso de um ou outro. A vantagem do etanol é calculada considerando que o poder calorífico do motor a álcool é de 70% do poder nos motores à gasolina, ou seja, o motorista tem vantagem econômica com o preço do combustível de cana até esse porcentual do valor cobrado nos postos pelo derivado de petróleo.

O etanol só é competitivo em relação à gasolina nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Tocantins. Goiás tem a maior competitividade para o etanol no Brasil, de acordo com os preços levantados pela ANP, com o preço médio do hidratado em 62,96% do cobrado pela gasolina. Em São Paulo, que concentra quase 60% do consumo de etanol, a proporção está em 68,14%, bem próxima à paridade com a gasolina.

Segundo o levantamento, além de Goiás e São Paulo, o preço médio do etanol no Paraná está em 68,97% do da gasolina, em Mato Grosso do Sul em 69,22%, e em Tocantins em 68,85%.

Já a gasolina está mais vantajosa principalmente em Roraima (preço do etanol é 82,14% do valor da gasolina) e no Rio Grande do Sul (80,05%). No cálculo, são utilizados valores médios coletados em postos em todos os estados e no Distrito Federal.

Fonte: Revista AutoEsporte

Etanol perde vantagem para a gasolina na maioria dos estados

Álcool é mais competitivo em 10 estados e gasolina compensa em 14.
Os dados são referentes a semana encerrada no último sábado (4).

Os preços do etanol seguem menos competitivos que os da gasolina na maioria dos estados brasileiros, de acordo com dados da dados coletados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na semana encerrada no sábado, dia 4, e compilados pelo AE Taxas, da Agência Estado. O álcool é competitivo nos postos de combustíveis de 10 estados brasileiros e em 14 o uso da gasolina é mais vantajoso.

No Distrito Federal, em Minas Gerais e em Pernambuco é economicamente indiferente o uso de um ou outro. A vantagem do etanol é calculada considerando que o poder calorífico do motor a álcool é de 70% do poder nos motores à gasolina, ou seja, o motorista tem vantagem econômica com o preço do combustível de cana até esse porcentual do valor cobrado nos postos pelo derivado de petróleo.

O etanol está competitivo nos estados da Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins. Goiás apresenta a maior competitividade do Brasil, de acordo com os preços levantados pela ANP, com o preço médio do etanol em 57,02% do cobrado pela gasolina. No Estado de São Paulo, que concentra quase 60% do consumo de etanol, a proporção está em 57,28%.

Segundo o levantamento, além de Goiás e São Paulo, o preço médio do etanol em Mato Grosso está em 58,33% do da gasolina, no Paraná em 60,66% e em Mato Grosso do Sul de 62,94%. A gasolina está mais vantajosa principalmente em Roraima (preço do etanol é 82,55% do valor da gasolina) e no Acre (81,27%). No cálculo, são utilizados valores médios coletados em postos em todos os estados e no Distrito Federal.

Fonte: G1

Abastecer o carro com álcool é vantajoso em sete estados; veja lista

Número de estados onde a gasolina é vantajosa dobrou desde outubro.
Nos estados onde o álcool é mais competitivo, o preço está perto do limite.

Com a escalada dos preços do etanol nas bombas de combustível nos últimos meses, já é mais vantajoso abastecer o carro flex com gasolina em 20 estados brasileiros, incluindo o Distrito Federal. Apenas em sete estados vale a pena usar o etanol: São Paulo, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco e Tocantins.

Segundo especialistas, rodar com etanol deixa de ser vantajoso quando o preço do litro do combustível exceder 70% o da gasolina. Pesquisa divulgada na terça-feira (05) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostra que, entre os dias 27 de dezembro e 2 de janeiro, a relação entre o preço médio do etanol e o da gasolina superava os 70% em 20 unidades da Federação.

O número dobrou desde o fim de outubro, quando o etanol não era competitivo com a gasolina em dez estados. De acordo com a ANP, o valor mais alto cobrado do consumidor é de R$ 2,158 o litro, na média dos preços de 26 postos pesquisados em Roraima. O valor corresponde a 80% do preço médio do litro da gasolina, de R$ 2,695.

Na maioria dos estados onde ainda é mais vantajoso abastecer o carro com etanol, o preço está perto do limite. Em São Paulo, maior produtor de álcool do país e também maior centro consumidor, os postos cobram em média R$ 1,670 por litro do etanol e R$ 2,432 pela gasolina, uma relação de 76,8%.

Veja os preços médios de álcool e gasolina nos estados do Brasil
Estado Gasolina

(preço médio)

Álcool

(preço médio)

Diferença Vantagem

para…

Acre R$ 2,924 R$ 2,089 28% Gasolina
Alagoas R$ 2,739 R$ 1,920 29% Gasolina
Amapá R$ 2,882 R$ 2,171 24% Gasolina
Amazonas R$ 2,618 R$ 1,907 27% Gasolina
Bahia R$ 2,654 R$ 1,847 30% Álcool
Ceará R$ 2,565 R$ 1,906 25% Gasolina
Distrito Federal R$ 2,725 R$ 1,983 27% Gasolina
Espírito Santo R$ 2,633 R$ 1,983 24% Gasolina
Goiás R$ 2,640 R$ 1,658 37% Álcool
Maranhão R$ 2,538 R$ 1,842 27% Gasolina
Mato Grosso R$ 2,784 R$ 1,608 42% Álcool
Mato Grosso do Sul R$ 2,628 R$ 1,868 28% Gasolina
Minas Gerais R$ 2,461 R$ 1,817 26% Gasolina
Paraná R$ 2,540 R$ 1,717 32% Álcool
Paraíba R$ 2,396 R$ 1,718 28% Gasolina
Pará R$ 2,781 R$ 2,154 22% Gasolina
Pernambuco R$ 2,628 R$ 1,748 33% Álcool
Piauí R$ 2,519 R$ 1,953 22% Gasolina
Rio de Janeiro R$ 2,605 R$ 1,889 27% Gasolina
Rio Grande do Norte R$ 2,672 R$ 1,879 29% Gasolina
Rio Grande do Sul R$ 2,530 R$ 2,045 19% Gasolina
Rondônia R$ 2,697 R$ 1,963 27% Gasolina
Roraima R$ 2,695 R$ 2,158 19% Gasolina
Santa Catarina R$ 2,645 R$ 1,984 24% Gasolina
São Paulo R$ 2,432 R$ 1,670 31% Álcool
Sergipe R$ 2,622 R$ 1,869 28% Gasolina
Tocantins R$ 2,740 R$ 1,804 34% Álcool

Fonte: G1