Arquivo da tag: fiesta

Garantia dos New Fiesta, Focus e EcoSport afetados será extendida para cinco anos ou 160 mil quilômetros

foto-imagem-carro-ecosport

Há pelo menos dois anos, os proprietários de veículos da Ford equipados com o câmbio automatizado de dupla embreagem Powershift reclamam de barulho, trepidação, superaquecimento e até necessidade de trocas prematuras do kit de embreagem. Após ser alvo de uma série de reportagens e de ações do Procon, a marca finalmente assumiu que há problemas com os modelos New Fiesta (hatch e sedã) e Ecosport fabricados em 2013 e 2014, além dos Focus (hatch e sedã) feitos em 2014. A transmissão PowerShift equipa 36,3% dos New Fiesta, 37,2% dos EcoSport e nada menos que 83,4% de todos os Focus vendidos no país.

Em resposta protocolada no Procon-SP, a Ford reconhece problemas e afirma que irá realizar reparos gratuitos nos veículso que apresentarem defeitos. Os proprietários serão informados via carta comum ou mala direta – outros consumidores que não sejam avisados também podem acionar a marca para o recall.

Além dos reparos, as unidades afetadas terão a garantia extendida de três para cinco anos, ou 160 mil quilômetros rodados – o que ocorrer primeiro. Quem já ultrapassou tal quilometragem antes do fim da garantia de fábrica também será atendido gratuitamente.

O comunicado da Ford faz referência direta à reportagem da QUATRO RODAS publicada em 2014, em que proprietários relatam suas experiências. Segundo a montadora, os problemas de trepidação podem ser resultado da contaminação de uma das embreagens por fluído de transmissão. “Esse pequeno merejamento da embreagem, quando ocorre, pode causar a leve trepidação sentida pelos consumidores, e corresponde ao mesmo sintoma do desgaste natural da embreagem de uma transmissão manual tradicional. A diferença é que, no caso em tela, esse sintoma aparece de maneira antecipada, antes do fim da vida útil da embreagem”, diz o informe oficial.

A Ford ainda afirma que a trepidação não gera perda de força motriz do veículo, e que não há registro de acidentes com vítimas causados pela ocorrência do problema. Para remediar a falha, a marca está adotando um novo vedador da transmissão em veícuos zero km. Já os modelos usados e afetados pelo problema receberão uma nova embreagem gratuitamente, além da extensão da garantia.

Top 10 – O ranking dos carros mais vendidos em 2013

1º VOLKSWAGEN GOL: 253.915 UNIDADES

gol-carro-mais-vendido-2013

2º FIAT UNO: 183.877 UNIDADES

fiat--segundo-carro-mais-vendido-2013

3º FIAT PALIO: 176.392 UNIDADES

fiat-palio-terceiro-carro-mais-vendido-2013

4º FORD FIESTA E NEW FIESTA: 136.131 UNIDADES

ford-fiesta-quarto-carro-mais-vendido-2013

5º VOLKSWAGEN FOX E CROSSFOX: 129.120 UNIDADES

 

volkswagen-fox-crossfox-quinto-carro-mais-vendido-2013

6º FIAT GRAND SIENA E SIENA: 129.120 UNIDADES

fiat-grand-siena-sexto-carro-mais-vendido-2013

7º FIAT STRADA: 122.496 UNIDADES

fiat-strada-setimo-carro-mais-vendido-2013

8º CHEVROLET ONIX: 121.929 UNIDADES

chevrolet-onix-oitavo-carro-mais-vendido-2013

9º HYUNDAI HB20: 121.868 UNIDADES

hyundai-hb20-nono-carro-mais-vendido-2013

10º RENAULT SANDERO:102.046 UNIDADES

renault-sandero-decimo-carro-mais-vendido-2013

Gol – Veja os carros mais roubados do Brasil

Gol, o campeão nacional. 35.636 unidades roubadas ou furtadas entre janeiro e setembro de 2011, segundo a central de erviços da CNSEG

O Gol, da Volkswagen é o carro mais roubado ou furtado do Brasil. Somente entre janeiro e outubro de 2011 foram registrados 35.636 casos. O número é quase o dobro do segundo veículo mais visado, o Fiat Uno, que teve 16.978 unidades furtadas ou roubadas nos primeiros 10 meses do ano. Os dados são da CNSEG (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização) e foram obtidos por Época NEGÓCIOS.

A preferência pelo Gol se explica pela enorme quantidade de carros desse modelo em circulação nas ruas brasileiras. “O carro é o que está há mais tempo à venda e criou-se um mercado de peças roubadas atraente para os ladrões”, diz Neival Rodrigues Freitas, diretor executivo da Fenseg (Federação de Seguros Gerais).

Também aparecem na lista dos dez carros mais roubados, o Fusca, da Volkswagen, e o Monza, da Chevrolet. Mais uma vez a causa é o enorme apetite dos bandidos pelas peças desses veículos. São carros que têm uma frota representativa, mas não dispõem de um bom mercado de peças, o que abre brechas para o mercado negro.

Com base em dados do Denatran, a lista leva em conta não apenas os carros com seguro, mas toda a frota em circulação que paga o DPVAT, o seguro obrigatório de veículos. Segundo a CNSeg nos dez primeiros meses deste ano foram registrados 215.040 casos de roubo ou furto. Veja a galeria abaixo com os dez modelos “preferidos” do bandidos.

Fiat Uno – 16.978 casos de furto/roubo nos 10 primeiros meses do ano

Fiat Palio – 13.906 registro de roubo

Corsa da Chevrolet, 9.144 casos

Celta da GM, 7.382 CASOS – Quinta colocação

Fiesta da Ford, 5.353 – Sexta colocação

Parati da Volkswagen, 4.695 – Sétima colocação

Fusca, ainda entre os preferidos do ladrão, o carro teve 4.608 registros de roubo ou furto este ano – Oitava colocação

 Monza, outro “vintage” visado pelos ladrões – 4.483 furtos/roubos nos primeiros dez meses deste ano – Nona colocação

Siena da Fiat – 3.870 – Décima colocação

Fotos Flagra Novo Ecosport 2012 em testes

Versão totalmente nova do utilitário esportivo chega em 2012


Novo EcoSport está chegando. Duas unidades em teste foram flagradas no litoral de São Paulo pelo nosso leitor Marcelo Pequini há poucos dias. Se a princípio os carros se parecem som as novas versões do Fiesta, é porque são mulas, ou seja, carcaças de outro veículo colocadas sobre a plataforma em teste. Neste caso, realmente trata-se do novíssimo EcoSport, que será um projeto global a ser lançado pela Ford no final de 2012.

A nova geração do utilitário será vendida em diversos mercados. Além de ser desenvolvida e fabricada no Brasil, ela terá linhas de produção na China e na Tailândia. O mercado europeu também será destino do novo Ford, que terá visual mais próximo da nova linguagem global da marca do oval azul, com desenho mais próximo dos novos Fiesta e Focus. Mas aqueles que gostam do estepe na traseira não têm com o que se preocupar, ele permanecerá na versão 2012.

Fonte: Autoesporte

 

Ford Ka mudará antes de ser substituído em 2014

Essa carinha nova marcará o fim da atual encarnação do compacto da Ford

Na edição de dezembro, antecipamos que o Ka teria uma derradeira reestilização, para fazer a ponte até a chegada do novo compacto global da Ford, previsto para 2014 e baseado no conceito Start (aquele vermelhinho que chamou muita atenção no último Salão do Automóvel).

Agora conseguimos desenhos de peças que permitem projetar com alto grau de precisão como será o “tapa” visual do Kazinho. A inspiração foi o Fiesta nacional – por isso o bocão que vai da grade até a parte inferior do para-choque. A surpresa é a ausência de grade superior: a peça que recebe o logo não é vazada e ganha pintura na cor da carroceria. Ela se junta ao capô, num efeito que deixa o compacto parecido com o Ka europeu (lá ele é feito na Polônia e divide a plataforma com o Fiat 500).

Os faróis também ficam semelhantes aos do Fiesta, com aquela pontinha estranha na extremidade superior – solução que não obriga ao redesenho do capô.As mudanças na traseira serão bem mais sutis, resumindo-se ao novo para-choque com dois refletores vermelhos, além de leves detalhes nas lanternas. Interior e conjunto mecânico continuam idênticos. Afinal, o plano é mudar sem gastar muito, mantendo as vendas em fogo brando até a chegada do novo mini Ford em 2014. Que dificilmente manterá o nome Ka.

Fonte: G1

Ford Fiesta Tuning

Empresa faz parceria com empresas de tuning para equipar o hatch
Modelo, apresentado no Salão de Los Angeles, chega aos EUA em 2010.

Para atrair a atenção dos consumidores para a nova geração do Fiesta, antes mesmo da estréia do hatch aguardada para 2010, a Ford apresenta no Salão de Los Angeles opções customizadas do modelo que foram desenvolvidas pela própria fabricante em parceria como empresas preparadoras independentes (H&R, 3dCarbon, FSWerks e Steeda).

“Nós esperamos que o Fiesta vá se tornar muitíssimo popular entre as pessoas que gostam de personalizar seus veículos por conta do seu custo, ótima dinâmica de direção e ótimo design, disse Melvin Betancourt, designer da Ford. “Nós iremos oferecer a esses customizadores a variedade de aparência e acessórios de performance para que eles possam escolher e ter o Fiesta que desejam”.

fotos-imagens-carros-ford-fiesta-tuning-salao-de-los-angeles

O Fiesta preto, criado pela Ford Racing (divisão esportiva da marca) em parceria com a Steeda Autosport, é equipado com kit de captação de ar frio para a admissão e um sistema de escape desenvolvido pela Borla e pela própria Ford. A suspensão esportiva foi desenvolvida pela parceria Ford/Steeda e os freios são da marca italiana Brembo.

fotos-imagens-carros-ford-fiesta-tuning-salao-los-angeles

O hatch vermelho foi preparado pela 3dCarbon e FSWeks e traz um kit turbo-intercooler e escape de 2,25”. Por fora, o modelo personalizado traz um kit aerodinâmico composto por para-choques e saias laterais.

fotos-imagens-carros-ford-fiesta-tuning-salao-los-angeles-novo-modelo

Já o modelo branco foi criado com todos os equipamentos de customização oferecidos pela Ford. Apesar de não divulgar alterações mecânicas no veículo, a montadora afirma que os componentes de personalização estarão disponíveis de fábrica.

Fonte: G1

Ford divulga Fiesta 2011 – Que virá ao Brasil

Marca revela versão simplificada do modelo

fotos-imagens-ford-fiesta-sedan-2011-novo-modelo

A Ford tinha um problema para o vender o novo Fiesta europeu no continente americano: do jeito que é na Europa, o modelo atuaria numa faixa de US$ 20 mil a U$ 30 mil nos Estados Unidos, ou seja, na seara do Fusion 2.5. A marca do oval azul então não teve dúvidas: simplificou o carro. É essa mesma versão norte-americana que será vendida no Brasil, em 2011. Primeiro virá o sedã, importado do México. Depois, o hatch será fabricado em Camaçari (BA) ao lado do modelo atual, que ganhará o mesmo visual do Figo indiano em 2010.

Esqueça o painel refinado do modelo europeu. A parte superior emborrachada deu lugar a plástico rígido, enquanto os bancos com revestimento em duas cores agora é monocromático. Apenas as versões topo de linha têm apliques prateados no console e no volante, que também possui desenho um pouco diferente.

fotos-imagens-ford-fiesta-sedan-2011

A versão básica virá com câmbio manual, mas grande parte das vendas nos EUA será do modelo automático, com a nova transmissão Powershift de dupla embreagem e 6 marchas (mas sem opção de trocas manuais, por questão de custos). Quem sabe a versão mais cara do Fiesta Sedan não venha para o Brasil com esse câmbio? O motor será o 1.6 16V Sigma. Para cá, virá em versão flex.

fotos-imagens-ford-fiesta-sedan-2011-painel-de-instrumentos

As mudanças visuais se concentram na dianteira. O sedã ganhou grade cromada, no estilo Fusion/Edge, com para-choque 6 cm mais avançado. No hatch, a grade ficou mais fina, e a tomada de ar no para-choque está menor. As rodas são aro 16” e a direção elétrica foi reprogramada para deixar o volante mais leve. O Fiesta também ganhou reforços na estrutura, para atender às leis norte-americanas de proteção em impactos. Todos os modelos vêm com sete airbags, sendo um para os joelhos do motorista.

fotos-imagens-ford-fiesta-hatch-2011-modelo-novo

A longa lista de equipamentos inclui repetidores de seta nos retrovisores, botão de partida, teto-solar, volante multifunção e sistema de som com entrada USB e conexão para celular. Os porta-copos também podem ser iluminados por leds, como opcional. Resta saber o que virá para a versão brasileira.

fotos-imagens-ford-fiesta-hatch-2011-modelo-novo