Arquivo da tag: câmbio Powershift

Garantia dos New Fiesta, Focus e EcoSport afetados será extendida para cinco anos ou 160 mil quilômetros

foto-imagem-carro-ecosport

Há pelo menos dois anos, os proprietários de veículos da Ford equipados com o câmbio automatizado de dupla embreagem Powershift reclamam de barulho, trepidação, superaquecimento e até necessidade de trocas prematuras do kit de embreagem. Após ser alvo de uma série de reportagens e de ações do Procon, a marca finalmente assumiu que há problemas com os modelos New Fiesta (hatch e sedã) e Ecosport fabricados em 2013 e 2014, além dos Focus (hatch e sedã) feitos em 2014. A transmissão PowerShift equipa 36,3% dos New Fiesta, 37,2% dos EcoSport e nada menos que 83,4% de todos os Focus vendidos no país.

Em resposta protocolada no Procon-SP, a Ford reconhece problemas e afirma que irá realizar reparos gratuitos nos veículso que apresentarem defeitos. Os proprietários serão informados via carta comum ou mala direta – outros consumidores que não sejam avisados também podem acionar a marca para o recall.

Além dos reparos, as unidades afetadas terão a garantia extendida de três para cinco anos, ou 160 mil quilômetros rodados – o que ocorrer primeiro. Quem já ultrapassou tal quilometragem antes do fim da garantia de fábrica também será atendido gratuitamente.

O comunicado da Ford faz referência direta à reportagem da QUATRO RODAS publicada em 2014, em que proprietários relatam suas experiências. Segundo a montadora, os problemas de trepidação podem ser resultado da contaminação de uma das embreagens por fluído de transmissão. “Esse pequeno merejamento da embreagem, quando ocorre, pode causar a leve trepidação sentida pelos consumidores, e corresponde ao mesmo sintoma do desgaste natural da embreagem de uma transmissão manual tradicional. A diferença é que, no caso em tela, esse sintoma aparece de maneira antecipada, antes do fim da vida útil da embreagem”, diz o informe oficial.

A Ford ainda afirma que a trepidação não gera perda de força motriz do veículo, e que não há registro de acidentes com vítimas causados pela ocorrência do problema. Para remediar a falha, a marca está adotando um novo vedador da transmissão em veícuos zero km. Já os modelos usados e afetados pelo problema receberão uma nova embreagem gratuitamente, além da extensão da garantia.

Autorizadas definem trepidação no câmbio Powershift e porta que abre sem disparar alarme como características do modelo

Defeitos no Ford New Fiesta

foto-imagem-New-fiesta

Parece que o excesso de ruídos é uma característica comum a transmissões automatizadas de dupla embreagem. Foi assim com o DSG dos Audi A1 e dos VW Jetta e Golf, está sendo assim com o Powershift da Ford. Recebemos 23 comunicações de donos de veículos da Ford equipados com essa transmissão (20 só do New Fiesta), reclamando de barulho e trepidação no câmbio.

“Aos 7 000 km, meu Fiesta 1.6 2013 começou a trepidar nas trocas de marcha. Levei-o seis vezes à
concessionária e eles não conseguiram resolver”, diz o técnico em eletrônica Rodrigo Ribeiro Foltran, de Osasco (SP). “Só explicaram que se trata de uma característica de projeto do veículo.”

A dificuldade de eliminar os defeitos acaba deixando alguns motoristas até meses sem usar o veículo, como está acontecendo com o empresário Augusto César Brighenti, de Belo Horizonte (MG). “Estou sem meu Fiesta desde junho deste ano, quando comecei a perceber um barulho e uma trepidação em retomadas perto das 2 000 rpm e em baixas velocidades”, explica.

Outra crítica é em relação ao funcionamento do alarme, que pode não disparar quando as portas ou a tampa do porta-malas são abertas com o sistema ativado. Encontramos mais de 50 casos de proprietários de Fiesta (e seis de EcoSport) que tiveram seus carros arrombados ou que utilizaram uma chave de fenda para destravar a fechadura sem que o antifurto disparasse.

O engenheiro Vinícius Costa Carvalho, de Belo Horizonte (MG), chegou até a postar no YouTube um vídeo de câmera de segurança mostrando o estepe de seu Fiesta sendo furtado. “Dá para ver a porta e o porta-malas sendo abertos sem o alarme acionar”, diz. Segundo os donos, as autorizadas dizem que, se alguém conseguir abrir a fechadura da porta, o alarme não vai disparar.


O POVO RECLAMA

“Com seis meses de uso, o carro começou a trepidar na troca das marchas. Na concessionária, alegaram que era porque as engrenagens ainda estavam ‘verdes’.” Daniele Motta, Contadora, Macaé (RJ)

“Meu Fiesta desarma o alarme ao girar a fechadura da porta, independentemente de ser uma chave ou não. A autorizada disse que isso é do projeto do carro.” Leandro Rodrigues, analista de sistemas, Belo Horizonte (MG)

RESPOSTA

Sobre o alarme, a Ford diz que nenhuma falha foi constatada até o momento. Em relação ao câmbio Powershift, a empresa solicita que os “clientes procurem a rede de distribuidores da marca para análise de cada caso.”