Arquivo da tag: 2010

Carros mais roubados – Veja os 10 veículos mais furtados no semestre de 2010 – Gol é o carro mais roubado no Brasil

Carros mais roubados – Veja os 10 veículos mais furtados no semestre de 2010

VW Gol lidera ranking de confederação de seguradoras.
Entre motos, Honda CG 125 é que mais foi alvo desses crimes.

O Volkswagen Gol é o veículo mais roubado/furtado no Brasil durante o primeiro semestre, aponta estudo da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSeg). Para estabelecer o ranking, a entidade se baseia no banco de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

O estudo mostra que 191.347 carros, motos, caminhões e ônibus foram alvos desses tipos de crime, com registro da ocorrência entre janeiro e junho (média de 1.057 veículos furtados ou roubados por dia). Na lista dos dez mais há sete carros e três motos; entre elas, a Honda CG 125 lidera. O levantamento reúne todos os modelos de cada veículo, por exemplo, do Gol.

De acordo com o Denatran, a frota total de veículos automotores no país em abril era de 61.014.812. Veja abaixo os dez veículos mais roubados/furtados no semestre, o percentual de cada um sobre o total de veículos roubados/furtados no período e a frota nacional de cada veículo.

Fonte Auto Esporte

Recall nos carros da Peugeot – Citroën – C4 hatch e C4 Pallas por problemas na direção


Modelos podem apresentar problemas no sistema de direção.
Solução é a atualização do programa no módulo de controle.

A montadora PSA Peugeot-Citroën anunciou nesta segunda-feira (12) o recall dos modelos Citroën C4 hatch e C4 Pallas, ano/modelo 2009 e 2010 por eventual problema no sistema de direção assistida.

Os chassis envolvidos no recall estão no intervalo de 9G533889 a AG518279.

De acordo com a empresa, há veículos do intervalo que não estão incluídos no recall. Para confirmação, o proprietário deve consultar o serviço de atendimento ao cliente no telefone 0800 011 8088.

Segundo a montadora, os carros podem apresentar endurecimento da direção em manobras rápidas, que pode causar acidentes. A solução para isso é a atualização do programa no módulo de controle. Os proprietários devem agendar o serviço em uma concessionária da Citroën.

Fonte G1

Novo Gol e Voyage – Volkswagen anuncia recall – Ano dos carros são modelos 2009 e 2010

Rolamento das rodas traseiras podem apresentar problemas.
Ação envolve 193.620 unidades, modelos 2009 e 2010.

A Volkswagen do Brasil convoca para recall, a partir desta quinta-feira (11), os proprietários dos modelos Novo Gol e Voyage. A empresa constatou que pode haver um problema de lubrificação no rolamento das rodas traseiras de algumas unidades. A utilização do veículo nessa condição pode causar ruído e o uso continuado pode ocasionar o travamento da roda ou mesmo o seu desprendimento.

Confira o número de chassis dos modelos envolvidos no recall:

Novo Gol e Voyage – Ano/Modelo 2009
9P 032 093 a 9P 087 269
9T 152 912 a 9T 255 796

Novo Gol e Voyage – Ano/Modelo 2010
AP000 001 a AP 049 248
AT 000 001 a AT 051 483

Segundo a empresa, essa campanha abrange 193.620 unidades dos modelos no Brasil. A Volkswagen esclarece que os veículos produzidos a partir de julho de 2009 não estão afetados.

A inspeção dos rolamentos poderá ser feita gratuitamente em toda rede concessionária. A ação abrange a inspeção, aplicação de graxa e, se necessária, a troca do rolamento. De acordo com a Volkswagen, o tempo de serviço previsto para essa inspeção é de aproximadamente uma hora e meia.

A empresa enviará cartas aos proprietários dos veículos envolvidos nesta ação. Além disso, coloca à disposição para dúvidas a Central de Relacionamento com Clientes pelo telefone 0800.019.5775 e o site da empresa.

Veja outras convocações que envolvem o Novo Gol e Voyage

Novembro de 2008
A Volkswagen iniciou o recall dos modelos Gol G4, Polo hatch, Golf, Spacefox, Novo Gol e Voyage equipados com faróis de neblina de série devido a um problema na lanterna de neblina (ou chuva). De acordo com a montadora, o possível defeito está na montagem da lanterna dos veículos nos quais a lente da luz de neblina é branca ao invés de vermelha, condição que pode confundir os motoristas que trafegam atrás do veículo, causando a falsa impressão que está sendo realizada uma manobra em marcha a ré. A convocação abrange 120.658 unidades.

Dezembro de 2008
A marca alemã iniciou o recall dos veículos Fox, Novo Gol e Voyage ano/modelo 2009 equipados com motor 1.0 por causa da possibilidade de endurecimento dos pedais dos freios. De acordo com a Volks, em situações de repetidos acionamentos do pedal do freio, como no trânsito urbano, pode ocorrer o enrijecimento do mesmo e, eventualmente, causar acidentes. A convocação envolveu 120.082 unidades dos modelos em questão.

Agosto de 2009
A fabricante anunciou o recall do Novo Gol, Fox e Voyage, ano/modelo 2009 e 2010, equipados com motor 1.0, para a atualização do programa de gerenciamento do sistema auxiliar de partida a frio. De acordo com a Volkswagen, foi constatado que em condições de baixa temperatura podem surgir dificuldades na hora de colocar o motor em funcionamento, obrigando o usuário a repetidas tentativas. Esta condição pode gerar perda de sincronismo da queima da mistura de ar/combustível, causando a ruptura do coletor de emissão e, eventualmente, risco de incêndio. Ao todo, o recall envolveu 268.140 unidades.

Outubro de 2009
Volkswagen do Brasil anunciou a chamada “campanha de oficina ativa” para a revisão do motor 1.0 flexível EA-111que equipa 400 mil unidades entre os modelos Gol, Voyage e Fox, fabricados a partir de abril de 2008. O engenheiro responsável da companhia, José Loureiro, confirmou que o problema que causa barulho no motor está na lubrificação. A convocação não se trata de um recall, mas esse tipo de operação é chamado pela indústria como “recall branco”, procedimento adotado, quando a montadora avalia que o defeito não coloca em risco a segurança de condutor e passageiros.

Fonte G1

Carro do Ano 2010: Conheça os vencedores da revista Autoesporte

A premiação do Carro do Ano 2010, realizada pela revista Autoesporte, da Editora Globo, aconteceu nesta segunda-feira (9), em São Paulo. Ao todo foram 12 categorias. Confira os vencedores de cada uma delas:

Carro do Ano: Chevrolet Agile foi o escolhido entre Citroën C4 (hatch), Fiat 500, Ford Fusion e Honda City.

agile-chevrolet-foto-carro-do-ano-2010

Carro Premium do ano: O premiado foi o Audi A5. Além dele, concorriam ao prêmio: BMW 135i, Mercedes-Benz Classe E e Volkswagen Passat CC.

Fotos-carro-audi-a5-premium-do-ano-2010

Utilitário do Ano: Toyota Hilux SW4 (gasolina) venceu a disputa. Os finalistas desta categoria foram: Chery Tiggo, Mitsubishi TR4, Suzuki SX4 e Troller T4.

Fotos-Toyota-Hilux-SW4-Utilitario-do-ano-2010

Utilitário Premium do Ano: O Audi Q5 venceu a briga da categoria, na qual Mercedes-Benz GLK, Mitsubishi Pajero Dakar, Volkswagen Tiguan e Volvo XC60 também lutaram pelo título.

Utilitario-Premium-do-2010-Audi-q5-Fotos

Picape do Ano: a picape Fiat Strada Cabine Dupla foi a vencedora. O prêmio foi disputado por: Volkswagen Saveiro, Toyota Hilux (gasolina) e Ford Ranger.

Fotos-Fiat-Strada-Cabine-Dupla-Picape-do-Ano-2010

Motor do Ano com até 2.0 litros: O prêmio foi para o FPT 1.4 T-Jet, que equipa o hatch Punto e o sedã Línea. Os outros concorrentes eram: Honda 2.0 VTEC (Civic Si), Mini 1.6 Turbo (Mini), Smart 1.0 Turbo (Smart) e Toyota 1.8 VVTi (Corolla).

Foto-Fiat-Punto-T-Jet-Motor-do-Ano-2010-Ate-2-Litros

Motor do Ano acima de 2.0 litros: O vencedor foi o Audi V6 3.0 Compressor (A6). BMW 3.0 Biturbo (135i/335i/X6), Chevrolet 3.6 V6 (Captiva), Honda V6 3.5 (Accord) e VW 3.6 V6 (Passat CC) estavam na disputa.

Fotos-Audi-V6-3-Motor-do-Ano-2010

Carro Verde do Ano: A categoria estreou este ano e o escolhido foi o Renault Sandero.

Fotos-Renault-Sandero-Carro-Verde-do-Ano-2010

Publicidade do Ano: O comercial do Fiat 500 levou a melhor. Veja vídeo:

Site do Ano: A Fiat também venceu nesta categoria.

Hall da Fama: Os homenageados do evento foram: João Amaral Gurgel (já falecido) e Carlos Chiti. Estes profissionais foram escolhidos por terem importância na história do setor automotivo.

Executivo do Ano: Paulo Sergio Kakinoff, presidente da Audi do Brasil, levou o prêmio.

Fonte ZAP

Carros – IPVA fica em média 9,3% mais barato em 2010 em São Paulo – Tabela de vencimento do imposto

Quem pagar em janeiro terá desconto de 3%. Veja a tabela de vencimento do imposto em 2010.

A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo informou nesta terça (10) que o valor médio do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) será 9,3% menor em 2010.

Para carros, a redução média é de 12,2%. Para motos, de 9,8%. O IPVA dos utilitários cairá em média 7,5%, o de caminhões, 7,7% e o de ônibus e microônibus, 4,1%.

O cálculo foi feito com base nos preços médios dos veículos apurados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), em setembro de 2009, mês em que vigorava o desconto do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) para carros novos.

O desconto derrubou o preço dos veículos usados e, consequentemente, forçou a queda do valor do IPVA.

Os proprietários de veículos usados no Estado de São Paulo que efetuarem o pagamento do iIPVA em cota única no mês de janeiro de 2010 terão desconto de 3%. O IPVA também pode ser parcelado, sem desconto, observando as datas de vencimento em janeiro, fevereiro e março.

Carros a gasolina recolherão 4% sobre o valor venal. Carros a álcool e gás pagam 3%; bicombustível recolhe 4%; picape cabine dupla 4%; utilitários (cabine simples), ônibus, microônibus, tratores e motocicletas pagam 2% sobre o valor venal; caminhões recolhem 1,5%. Os veículos com mais de 20 anos de fabricação estão isentos.

Tabela-vencimento-IPVA-2010

O contribuinte que deixar de recolher o imposto fica sujeito à multa de mora de 20% do valor do imposto e a juros de mora com base na taxa Selic. Além disso, ele ficará impedido de efetivar seu licenciamento e sujeito à apreensão do veículo.

Fonte G1

VW Fox 2010 – Carro da Volkswagen tem versão automatizada e novos opcionais

Fotos-Fox-2009-tem-tracos-do-design-mundial-da-Volks-e-esta-parecido-com-o-Polo-europeu-Foto-imagem

O Volkswagen Fox 2010 entra em campo fortemente remodelado, com mudanças no visual interno e externo. Para apimentar a briga na categoria de hatches compactos, o modelo também oferece novos opcionais, alguns não disponíveis nos concorrentes. Entre as boas novidades está o câmbio automatizado , que pode funcionar de forma totalmente automática.

O veículo da marca alemã parte de R$ 29.990 (com motor 1.0 e carroceria de duas portas) – nesta versão de entrada não houve alteração de custo – e vai até R$ 43.306 (propulsor 1.6, I-Motion, na configuração Prime).

A “raposa” da Volks (tradução do nome Fox, em inglês) chega em três versões: 1.0, 1.6 e 1.6 I-Motion. Na motorização mais potente, a marca faz a estreia da versão Prime (que dá direito a regulagem de altura e profundidade do volante, acabamento mais refinado e faróis de neblina). Há também o pacote Trend, que traz preparação para som, tecidos de bancos exclusivos e faróis com refletores duplos.

fox-trend-A-marca-nao-oferece-mais-configuracao-1-6-com-duas-portas-foto

Para entrar com força na disputa, a montadora oferece novos equipamentos, como o inédito teto solar, sensor de estacionamento e de chuva e luzes repetidoras do pisca-alerta nos retrovisores externos. Estes equipamentos são opcionais e não estão disponíveis nos veículos adversários. Por outro lado, o Fox não vem de série, mesmo na versão topo de linha, com ar-condicionado e pacote elétrico – itens encontrados no Chevrolet Agile, por exemplo, que parte de R$ 37.708.

PLÁSTICA – O Fox agora tem linhas mais retas e aparência mais sóbria, que pode ser notada, principalmente, pelos faróis modernos e bem pontuados pelo contorno preto. Aliás, as máscaras negras são de série em todos os modelos 2010. O próprio desenho das lanternas sugere mais refinamento ao hatch.

Ainda na dianteira, nota-se a grade na cor preta que interage com o restante do design da carroceria. O acessório traz também faróis de neblina. Na parte de trás, as mudanças se concentram na lanterna, que recebeu nova configuração de luzes, e sinalização de neblina, localizadas na parte inferior do para-choque. Na lateral o destaque fica por conta dos retrovisores. Eles receberam layout mais moderno, semelhante ao adotado no Gol. É apenas um detalhe, mas marca presença. As portas e estrutura da carroceria não mudaram.

Fox-mudou-por-fora-por-dentro-mas-plataforma-continua-mesma-fotos-2009

Passando para o interior, as alterações são fáceis de serem visualizadas. De uma forma geral, o modelo recebeu mais cuidados no acabamento – uma das maiores críticas ao Fox. Na parte interna das portas, por exemplo, não há só o plástico áspero do modelo anterior. Agora, o local foi preenchido com tecido.

Alguns porta-objetos foram realocados (caso da pequena área do console central, entre a saída de ar e o rádio). Outros desapareceram, como o espaço abaixo do volante. Particularmente, deveriam ter acrescentado, mas não retirado os porta-objetos que agradavam. O porta-luvas também foi modificado. Na verdade, ele recebeu uma tampa e guarda melhor os objetos.

O volante chama a atenção. É o mesmo que equipa o Passat CC (opcional varia de R$ 270 a R$ 283, depende da versão). Atrás dele, o motorista percebe que a fabricante mudou o painel de instrumentos, uma das maiores evoluções. Está mais fácil de visualizar, já que o velocímetro e o conta-giros estão melhor separados e do mesmo tamanho.

PRIMEIRAS IMPRESSÕES – A novidade da Volks sofreu apenas uma plástica de estilo. Mudanças na parte mecânica ou estrutural não foram feitas. O Fox continua com a mesma dirigibilidade e opções de motor. Antes, era equipado somente com câmbio manual; agora ele ganhou a opção de transmissão automatizada, batizada pela montadora de I-Motion. É a mesma que equipa o Polo, Gol e Voyage, de mesmo sobrenome.

O câmbio automatizado desempenha bem seu papel. O motorista pode optar por conduzir no modo automático ou fazer as trocas de marchas de forma manual, por aletas atrás do volante ou na própria alavanca de transmissão.

O ZAP teve a oportunidade de dirigir o Fox 2010 durante um test-drive de cerca de 80 km, em Brasília (DF). O modelo 1.0, que, de acordo com a montadora, deve ser responsável por 50% das vendas, foi aprovado em nossa avaliação.

No entanto, para relembrar os pontos positivos do antigo Fox, mantidos ou melhorados no atual modelo, vale citar: a boa posição de dirigir, que por ser alta traz mais confiança e segurança, ótimo espaço interno para os ocupantes, facilidade de acessar os comandos e engate de marchas macio e preciso.

O ponto negativo é a relação de preço e equipamentos em comparação aos seus concorrentes (Chevrolet Agile, Renault Sandero e Ford Fiesta). No segmento, a briga pelo melhor visual está acirrada e conta com concorrentes fortes. Para fazer uma boa escolha, o consumidor deve ficar atento aos itens de série de cada modelo e calcular os preços dos opcionais. Com exceção do Ford, os três rivais oferecem gostinho de novidade.

Até o fim do ano, a empresa colocará mais duas novidades no mercado. Uma em novembro e a outra em dezembro. Os lançamentos devem ser do Crossfox e da picape Amarok, respectivamente.

Fonte ZAP