Google

Cliente escolheu customizar seu carrão com as cores vibrantes características do movimento artístico que surgiu na década de 50

Data: dezembro 3, 2018
Opiniões
Deixe a sua!

Uma Ferrari por si só já é um carro extremamente exclusivo – afinal, nem todos têm o poder aquisitivo para comprar um modelo da marca. A mais barata vendida por aqui, a 488 GTB, custa a bagatela de R$ 2,75 milhões. Mas a empresa também costuma produzir modelos únicos para colecionadores e clientes fiéis e mais abastados. O mais recente chama-se Ferrari SP3JC e foi criado ao longo de dois anos pelo Ferrari Styling Centre.

O cliente, um fã de Pop Art – movimento artístico que ficou marcado principalmente pelo uso de cores vibrantes e contrastantes -, queria que seu novo carro refletisse esta paixão e acompanhou todo o processo bem de perto. O valor pago por ele para ter acesso a tanta exclusividade, no entanto, não foi divulgado.

O Ferrari SP3JC foi construído a partir da plataforma e do motor do F12tdf, o cupê de motor dianteiro mais rápido da marca italiana. Desta forma, o modelo único conta com motor V12 de 6.3, capaz de entregar impressionantes 780 cv de potência e 71,9 kgfm de torque.

O interior do roadster é dominado pelos bancos revestidos de couro azul, tudo com detalhes em branco. Já o exterior foi pintado de azul, amarelo e branco, em uma repetição de tons. Além disso, há uma parte de vidro no capô, que deixa à mostra o poderoso motor V12.

As edições únicas de Ferraris feitas exclusivamente para clientes sempre chamam a atenção. Um dos modelos mais conhecidos é a SP12 EC, criada sob medida para o músico Eric Clapton

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *