Arquivo da categoria: recall

Recall Porsche Cayenne

Falha pode levar farol dianteiro a se desprender, diz marca.
Recall Porsche Cayenne foi anunciado dia 27

A Porsche iniciou nesta segunda-feira (12) o atendimento aos veículos envolvidos no recall anunciado no último dia 27. A convocação é para os modelos Cayenne, Cayenne Diesel, Cayenne S Hybrid, Cayenne S e Cayenne Turbo, fabricados entre 8 de março de 2010 e 31 de janeiro deste ano, para realização de um reparo nos sistemas de trava dos faróis dianteiros. Em alguns casos, há chances do componente se desprender do veículo.

No Brasil, o recall envolve 1.103 veículos. O chamado foi feito também em outros países e soma, no total, 100 mil unidades.

A importadora Stuttgart Sportcar, que traz os modelos Porsche ao Brasil, convoca os proprietários desses veículos a comparecerem a um Centro Técnico para avaliação e realização gratuita do conserto. Quando necessário, os faróis serão equipados com uma mola adicional, que impede o afrouxamento e o desprendimento, diz a marca.

Há endereços em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e em Ribeirão Preto, interior de SP. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 5644-6733.

Fonte: AutoEsporte

 

 

Recall Nissan Frontier 2007

Recall Nissan Frontier 2007

Parafusos da coluna de direção e da trava do capô serão inspecionados.
Defeito pode causar falha mecânica da direção de 35.280 veículos.

A Nissan do Brasil anuncia nesta quarta-feira (22) a convocação de 35.280 proprietários da picape Frontier para inspecionar o torque do parafuso da junta da coluna de direção e também dos parafusos da trava do capô. As unidades convocadas para o recall foram produzidas a partir de 2007.

Confira as séries de chassis
De 94DVDUD409J030319 a 94DVCUD40CJ991448
De 94DVDUD409J030319 a 94DVCUD40CJ877692
De MNTVCUD4086000002 a MNTVCUD4086004932.

De acordo com o comunicado da montadora, recentemente foi detectado mau funcionamento na junção da coluna e da caixa de direção, que pode levar ao desgaste do encaixe estriado e, assim, diminuir a sua durabilidade com o uso em condições severas.

Em casos raros, segundo a Nissan, pode ocorrer uma falha mecânica da direção, podendo causar a perda do controle do veículo e, consequentemente, eventual acidente. Após a inspeção, a Nissan trocará a junta da coluna e, se necessário, a caixa de direção.

Em relação ao parafuso da trava do capô, a Nissan identificou que não houve a aplicação do torque necessário em algumas unidades o que, em alguns casos, pode ocasionar a abertura do capô com o veículo em movimento. “A inspeção irá verificar se há necessidade de aplicação do torque correto ou se os parafusos deverão ser substituídos.”

As inspeções e trocas das peças serão realizadas sem nenhum custo, e o serviço deve ser agendado a partir desta quarta-feira em qualquer loja da rede de concessionárias Nissan.

Além da campanha nos principais meios de comunicação, como TV, rádio e jornais do país, todos os proprietários com veículos envolvidos no recall serão contatados pela empresa por meio de carta. Mais informações poderão ser obtidas pelo Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), no telefone 0800 011 1090 ou ainda pelo site www.nissan.com.br.

Fonte: G1

Recall – Nissan Sentra tem problema no conector da bateira e pode afetar 2.984 unidades – Possível pane no motor


A Nissan anunciou hoje o recall de 2.984 unidades do sedã Sentra fabricadas entre 11 e 22 de maio de 2010 e entre 8 de julho e 25 de outubro de 2010. A convocação é motivada por um revestimento impróprio no parafuso do terminal da bateria, que pode causar queda de tensão, danos no módulo de controle eletrônico (ECM) e, em casos raros, pane no motor.

A empresa se comprometeu a fazer a substituição do conector do terminal da bateria das unidades envolvidas no recall, que possuem numeração de chassis entre 3N1AB6AD0BL600545 e 3N1AB6AD3BL636990. O serviço pode ser agendado em qualquer concessionária da marca a partir de hoje (19), sem qualquer custo ao proprietário.

Para obter mais informações, a Nissan oferece o site www.nissan.com.br.

Recall no Honda Fit – Empresa convoca quase um milhão de carros no mundo

A matriz da Honda, no Japão, anunciou nesta segunda-feira (5) um recall mundial de cerca de 960 mil veículos – a maioria do compacto Fit. De acordo com a montadora, foi detectado um problema no interruptor do comando elétrico do vidro dianteiro esquerdo (de uso do motorista). Em comunicado oficial, a Honda japonesa informou que o chamado no País envolve unidades do Fit produzidas entre os outubros de 2005 e de 2009.

Ainda segundo a Honda, o recall também envolve 80.111 unidades do crossover CR-V produzidas em 2006 – o problema também está no interruptor do vidro. A montadora diz que não foram registrados acidentes por conta do defeito, apenas relatos de aquecimento da peça. Para solucionar o caso, a montadora vai substituir o interruptor. A Honda do Brasil ainda não informou se o chamado afetará unidades do Fit ou do CR-V mexicano.

O sedã compacto City também pode ser chamado para a troca do componente. Até agora, o recall foi confirmado no Japão, na China, na Europa, em alguns mercados africanos e nos Estados Unidos – onde 26 mil unidades do híbrido CR-Z também serão convocadas por problemas na unidade de comando do motor. No Brasil, a Honda produz o Fit, o City e o médio Civic na fábrica de Sumaré (SP). Os demais modelos são importados.

No fim de janeiro de 2010, a Honda anunciou recall mundial de mais de 650 mil unidades do Fit, aparentemente por causa do mesmo problema no interruptor do vidro do motorista (leia aqui). O defeito, inclusive, provocou o incêndio que causou a morte de um bebê de dois anos que dormia no veículo, na África do sul. Em seguida, Autoesporte noticiou a chegada do recall ao Brasil, que envolveu quase 190 mil unidades do Fit.

Fonte: Auto Esporte

Recall Classic e Montana 2012

Recall do Classic e Montana 2012
Modelos 2012 foram fabricados em junho deste ano.
Defeito é no suporte de fixação da suspensão dianteira esquerda.

A General Motors do Brasil convocou nesta sexta-feira (19) os proprietários dos modelos Classic 2012 e Montana 2012 para instalação de reforço no suporte de fixação da suspensão dianteira esquerda. São 1,4 mil unidades do Classic e 1.153 da picape Montana. De acordo com a GM, os veículos foram fabricados entre 13 e 30 de junho deste ano.

A empresa informou que constatou um defeito no suporte de fixação da suspensão dianteira esquerda, que pode causar risco de soltura parcial do braço de controle inferior da suspensão dianteira esquerda, levando a risco de acidente.

Confira chassis envolvidos no recall:
Modelo: Classic 2012
Nº de série do chassi: de CB119149 a CB129574 e de CC120476 a CC129050
Modelo: Montana 2012
Nº de série do chassi: de CB121364 a CB129575

O atendimento será feito na rede de concessionárias e oficinas autorizadas Chevrolet.

Fonte: Autoesporte

Recall Honda Accord

O recall é para o modelo Honda Accord, ano 2005, versão LX AT 2.4 L

A Honda Automóveis do Brasil voltou a convocar clientes para um recall, desta vez para proprietários dos veículos Accord, ano 2005, versão LX AT 2.4L.

De acordo com a companhia, é necessária uma reprogramação da unidade de controle eletrônica do veículo, chamada de ECU. Uma possível falha no mecanismo pode provocar a movimentação do veículo estacionado se o freio de mão não estiver acionado e, “em casos extremos”, desligar o motor com o automóvel em movimento.

A Honda já havia convocado um recall no último dia 28 para 101.693 proprietários do modelo New Civic.

A convocação anunciada hoje atinge 390 carros. O defeito na ECU pode ser provocado, segundo a fabricante, pela repetida mudança da alavanca seletora da transmissão entre as posições marcha à ré (R) e condução para frente (D) com a rotação do motor ainda elevada e as rodas em movimento. Essa situação pode levar à quebra de um dos rolamentos da transmissão.

Devem comparecer a uma concessionária da empresa os proprietários dos carros Accord 2005 com chassi entre as numerações 3HGCM56305G500001 e 3HGCM56305G500390. O agendamento do serviço deve ser efetuado por meio do site www.honda.com.br/recall.

Dúvidas também poderão ser tiradas por meio do telefone 0800-775-5346, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Fonte: OPovo

Recall nos carros da Honda – No Brasil empresa anuncia recall de mais de 100 mil unidades do New Civic Flex – Veja os números do chassis

Modelos envolvidos foram fabricados entre os anos de 2008 e 2011.
Polia da bomba d’água do motor pode se soltar.

A Honda do Brasil anunciou nesta quinta-feira (28) o recall de 101.693 unidades do modelo New Civic Flex fabricadas entre os anos de 2008 e 2011. De acordo com a montadora, esses veículos podem apresentar o desprendimento da polia da bomba d’água do motor, “o que poderá acarretar no aumento do esforço de esterçamento do volante, além de outros sintomas como, por exemplo, o superaquecimento do motor. Em casos extremos, também poderá ocorrer o desligamento do motor em movimento, dificultando o controle do veículo com risco de colisão”.

Os veículos deverão ser levados a partir do dia 3 de agosto a uma das concessionárias da Honda em todo o Brasil para a substituição dos parafusos deste componente. A marca do sedã recomenda que os proprietários das unidades envolvidas no recall façam um agendamento prévio do serviço por meio do site www.honda.com.br/recall. Em caso de dúvidas, a Honda pede que os interessados entrem em contato pelo telefone 0800-775-5346 de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Na segunda-feira (25), a montadora japonesa anunciou um recall mundial de aproximadamente 200 mil veículos. Na ocasião, a Honda do Brasil divulgou uma nota curta explicando que estava “analisando a situação das unidades do modelo New Civic produzidas em território nacional. A empresa informará tão logo tenha uma posição”. No Japão foram chamadas 50.122 carros dos modelos Stream, Civic e Crossroad. Já na Europa, o número de unidades envolvidas no recall é de cerca de 6.800.

Apesar de passar das 100 mil carros, este recall do Honda New Civic não é o maior do ano. Em janeiro, a Ford convocou 300.860 unidades dos EcoSport e Fiesta fabricados entre os anos de 2007 e 2009 para arrumar um problema na fechadura da porta traseira. Em fevereiro, a Toyota chamou 145.466 unidades do Corolla produzidos entre 2008 e 2010 para reparar o sistema de partida a frio do carro.

Confira os chassis das unidades envolvidas:

Ano/modelo 2008: De 8Z240866 a 8Z606861
Ano/modelo 2009: De 9Z100005 a 9Z501862
Ano/modelo 2010: De AZ100001 a AZ600480
Ano/modelo 2011: De BZ100003 a BZ106840

Recall Dodge Journey vendidos no Brasil

Problema nos freios afeta modelos fabricados em 2009 e 2010 importados do México

A Chrysler do Brasil anuncia o recall do crossover Dodge Journey fabricados em 2009 e 2010 para a substituição gratuita dos discos e pastilhas de freios dianteiros e traseiros.

Segundo a montadora, os freios podem apresentar pulsação ou vibração excessiva que, em casos extremos, prejudicariam a eficiência do sistema – expondo o carro a risco de acidentes.

A medida envolve 1.626 veículos vendidos no Brasil. A convocação dos proprietários será feita por meio de correspondência direta, além de informes publicitários.

A Chrysler estima que o tempo de serviço é de três horas. O reparo deve ser agendado pelo telefone (0800 703 7140) ou pelo site www.dodge.com.br.

Fonte: R7

Recall do VW Jetta nos EUA

A Volkswagen da América, unidade norte-americana da montadora alemã, anunciou nesta segunda-feira (28) um recall voluntário de 71.043 automóveis Jetta para reconfigurar a rede elétrica do sistema de alarme contra roubo e da buzina.

A porta-voz da empresa informou que uma falta de energia elétrica na buzina pode, em casos raros, desconectar a eletricidade para a caixa de conversão. Esta desconexão, em caso extremo, pode levar o motor a parar.

O recall atinge veículos Jetta sedã fabricados entre março de 2010 e março de 2011 e não há relatos de acidentes ocasionados pelo problema, disse a empresa.

Fonte: R7

Recall do Kia Optima

Defeito afeta câmbio de transmissão de modelos de 2006 a 2008.
Recall não atinge Brasil; Optima ainda não foi lançado no país.

A Kia está convocando 70 mil proprietários do veículo modelo Optima para repararem um defeito no câmbio de transmissão. Estão envolvidos no recall os modelos 2006 a 2008, fabricados entre setembro de 2005 e junho de 2007.

O recall não afeta o Brasil, já que o Optima ainda não foi lançado no país, apesar de estar previsto para chegar neste ano. O sedã, que substitui o Magentis, foi apresentado no último Salão de SP, em outubro passado.

De acordo com a montadora, em alguns dos veículos, um cabo de transmissão pode ter sido instalado de maneira errada, podendo se romper de forma que o carro permanecerá sempre engatado.

Desta forma, caso o motorista estacione o carro sem puxar o freio de mão, há possibilidade do veículo se mover, o que pode causar uma batida. Até agora, segundo a Kia, o defeito não provocou acidentes.

Fonte: G1