Arquivo da categoria: hatch

Onix da GM divulga detalhes do carro – Hatch compacto da montadora estreia no Salão de São Paulo

GM divulgará em breve primeira imagem do Onix; acima, a projeção do modelo (Crédito: Renato Aspromonte)

A General Motors do Brasil confirmou na manhã desta quinta-feira (6) o lançamento do seu (aguardado) novo hatch compacto, o Chevrolet Onix. Rival para Fiat Novo Uno/Palio, Renault Sandero, Volkswagen Gol/Fox e os futuros Hyundai HB20 e Toyota Etios, o Onix estreia em outubro, no Salão do Automóvel de São Paulo, chegando às lojas na mesma época. Feito sobre a plataforma Gamma II, a mesma do sedã Chevrolet Cobalt, o modelo será produzido na fábrica de Gravataí, no Rio Grande do Sul – onde também são fabricados os pequenos Celta e Prisma.

Onix vai apostar no espaço interno amplo e em boa relação custo/benefício para brigar com os vários rivais

Segundo o comunidado oficial da GM, o Onix é o primeiro veículo da marca Chevrolet cujo nome final será o mesmo do projeto. “Muito se falou em Projeto Onix durante o desenvolvimento do carro, e o nome sempre apareceu com força, foi bem aceito em todas as regiões em que foi apresentado”, explica Gustavo Colossi, diretor geral de marketing da montadora. Como curiosidade, Ônix é um mineral de quartzo que, na antiguidade, foi muito usado como adorno e até símbolo de proteção – no caso dos Romanos.


Hatch estreia sistema multimídia MyLink, com ampla conectividade, e terá câmbio automático de seis marchas

Sistema multimídia MyLink e câmbio automático de seis marchas

A General Motors sabe que a competição entre os compactos nacionais vai se acirrar nos próximos meses, com as chegadas de Etios e HB20. Por isso, para começar o jogo, a montadora confirmou dois dos principais recursos que o Onix terá. O primeiro deles é o sistema multimídia MyLink, que reúne tela de LCD sensível ao toque integrada ao painel e ampla conectividade (Bluetooth para celulares e entradas auxiliar e USB) – por enquanto, navegador GPS não está confirmado. O hatch compacto também oferecerá opção de câmbio automático de seis marchas, transmissão inédita no segmento de compactos de entrada.

Essa transmissão, que terá modo sequencial com trocas na própria alavanca, é a mesma utilizada pelo compacto premium Sonic, nas versões hatch e sedã, e pelo médio Cruze – também disponível nas duas carrocerias. Nas versões mais simples, o Onix usará caixa manual de cinco marchas. Motores e outros detalhes técnicos do novo compacto da GM não foram revelados. Nas próximas semanas, a montadora vai divulgar mais imagens (teasers) do modelo. A produção na fábrica de Gravataí começa no início de outubro. O Onix deve ter preço inicial na faixa dos R$ 30 mil, para brigar especialmente com Gol, Palio, Sandero e HB20.

Fotos Flagra Chevrolet Sonic em testes

Veículo já é vendido em outros locais, como EUA e Europa.
Marca estuda comercializar o modelo no país a partir de 2012.

Passei pela Avenida Goiás em São Caetano do Sul, São Paulo, por volta das 16h do sábado (19), quando fotografrei este carro na frente da fábrica da GM.

Nota da redação: o Chevrolet Sonic é um carro global, já vendido em outros mercados, principalmente EUA e Europa. A versão hatch do carro, também chamado de Aveo, foi mostrada no Salão de Frankfurt, em setembro, quando o vice-presidente da General Motors do Brasil, Marcos Munhoz, confirmou ao G1 os planos da Chevrolet em vender no Brasil o modelo. No entanto, Munhoz ressaltou que a importação do Sonic para o país esbarra na alíquota de 35% sobre o preço do carro, o que pode inviabilizar sua comercialização.

De acordo com Munhoz, o Sonic, que é atualmente produzido na Coreia do Sul, não será fabricado no Brasil.

A versão sedã do modelo  foi lançada no Salão de Genebra, em março, e na ocasião o presidente mundial Dan Akerson afirmou pela primeira vez que o modelo viria para o Brasil.

Se o carro realmente chegar, ficará entre Agile e Cruze hatch, este último também programado para 2012.

Fonte: Autoesporte

Exame do Detran será monitorado por câmeras

 

Ainda este ano, carros de autoescola serão equipados com câmeras de vídeo.
Candidato e examinador terão digitais coletadas e confrontadas após prova.

O exame prático de direção do Detran será monitorado por áudio e vídeo ainda este ano no Rio de Janeiro. Com isso, todos os exames de direção veicular passarão a ser documentados por câmeras, que registrarão os procedimentos dos examinadores e candidatos a motorista. A licitação será aberta no dia 29 de junho. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (15) pelo site do governo do estado.

Cada carro de autoescola será equipado com três câmeras, sendo três câmeras externas para registrar o exame de balizas. Além disso, o candidato e o examinador terão suas digitais coletadas e confrontadas no início e no fim da prova, para evitar que uma pessoa faça o exame no lugar de outra. Tudo será gravado e ficará armazenado na Ouvidoria do Detran por um ano. Desse modo, se a pessoa for reprovada e não aceitar o resultado, poderá ver onde e como errou, informou o governo.

De acordo com o governo, o programa para a implantação do sistema de monitoramento foi desenhado pelo setor de tecnologia da informação do Detran, cabendo à empresa vencedora da licitação cumprir à risca as exigências que constam do edital de concorrência pública que estará disponível no final deste mês.

Fonte: G1

VW terá subcompacto e Golf mexicano no Brasil

Modelo médio deixará de ser feito no Paraná para dar lugar ao novo hatch pequeno

Quem esperava pela produção do Golf 7 no Paraná, em substituição ao atual Golf 4 (e meio), pode tirar o cavalinho da chuva. Como tem ocorrido com vários projetos de maior valor agregado, o Brasil perdeu a disputa para o México. O consolo é que ele virá de lá com status (e preço) de carro nacional, já que não recolherá os 35% do Imposto de Importação.

A Volkswagen ainda não anunciou a produção do modelo no México, mas o fará em breve, segundo nossas fontes. De lá está chegando o novo Jetta, que usa a mesma plataforma do hatch médio. Outro indicativo de que o próximo Golf será mexicano é que o New Beetle, feito lá até recentemente, muda para os Estados Unidos na próxima geração, na mesma fábrica do novo Passat norte-americano, em Chatanooga. E o Bora está saindo de linha. Logo, a fábrica fica liberada para produzir Golf e Jetta em grande escala.

A saída do Golf do Paraná também ajudará a liberar espaço no Brasil para a produção em altíssimo volume de um subcompacto, de preço inferior ao do Gol, em 2014. O modelo virá para brigar com o Fiat a ser feito em Pernambuco, posicionado abaixo do Uno. E suas linhas serão próximas às do futuro Lupo europeu. Contudo, o acabamento e o conteúdo no Brasil serão inferiores, de forma que seu preço não fique muito acima de R$ 20 mil.

Fonte: Revista AutoEsporte

Flagra do Honda Brio em testes na Tailândia

Hatch será fabricado no Brasil a partir de 2013 para brigar com Gol, Uno e companhia

Eis que aparece pela primeira vez a imagem da versão definitiva do pequeno Honda Brio em testes. O carro foi flagrado na Tailândia, como mostra o site tailandês Pantip. Será o modelo mais em conta japonesa no mercado brasileiro, onde chegará em 2013 fabricado em Sumaré (SP). Entrará num segmento em que a Honda não atua no Brasil, o dos hatches populares, liderado pelo Gol e com Uno sem segundo lugar.

Conhecido pelo código Sub-GSP 2CV, o modelo é feito sobre a mesma plataforma do Fit/City. O uso de componentes em comum é mais do que justificado, já que o Brio é feito para ter preço competitivo e para isso precisa usar itens de baixo custo de fabricação.

Seguindo a filosofia da marca japonesa de fabricar os mesmos modelos em todo o mundo, o carro que será feito no Brasil deverá ser igual ao que começará a ser montado na Tailândia no mês que vem, e logo em seguida da Índia. Entre suas qualidades está o centro de gravidade baixo e o bom espaço interno, suficiente para levar cinco ocupantes.

Fonte: AutoEsporte

Fotos Flagra Peugeot 308 hatch no Brasil

Nova família chega até o final do ano para aposentar a linha 307.
Apesar da placa da França, modelo poderá ser produzido na Argentina.

308 andando sem disfarçes na cidade de Cascavel, no Paraná.

A linha 308 deve estrear no Brasil no final do ano para aposentar a família 307, que foi lançada no país em 2006 e de lá para cá não teve mudanças.

Fonte: AutoEsporte


Mini Gol chama a atenção em parque de diversões

Anão guia réplica com motor de kart de 5,5 cavalos

Ele é bem pequeno, mas desperta o desejo de muitas pessoas. Difícil vai ser dar uma volta.Trata-se um Mini Gol que tem feito sucesso em um parque de diversões em Santa Catarina.O carrinho foi feito pela própria Volkswagen e chegou a ser mostrado não apenas no Salão do Automóvel, mas também no evento de aniversário de 30 anos do hatch.

Conduzido por um anão, o carrinho ostenta sob o capô um motor original de kart, com apenas 5,5 cavalos de potência. A sua velocidade máxima é tão reduzida quanto o tamanho do carro: não passa dos 27 km/h. O comprimento é de 1,25 m, enquanto largura fica em 1,1 m. Ele é tão semelhante ao original que até mesmo painel e bancos são iguais ao do Gol de verdade. O modelo, logicamente, é conduzido por um anão durante as apresentações no Beto Carrero World.

Fonte: G1

Honda prepara novo compacto para o Brasil

Projeto NSC chega em outubro de 2013

Referência no segmento de sedãs médios com o Civic e de monovolumes com o Fit, a Honda causa arrepio nos concorrentes só em cogitar lançar um compacto. Pois os concorrentes que se preparem. Segundo nossos contatos, o plano para lançar seu primeiro carro compacto produzido no Brasil está em andamento, e já tem data para ocorrer. A produção começa na metade de 2013, e o lançamento em outubro.

Quando apresentou o conceito NSC (New Small Car) no Salão de Nova Déli (Índia) no começo do ano, a Honda logo admitiu que o protótipo daria origem a um modelo compacto para os mercados indiano e tailandês. Mas o que a marca japonesa tentou omitir, nós confirmamos: sua produção na unidade de Sumaré (SP).

Conhecido pelo código Sub-GSP 2CV, o modelo tem sua origem na plataforma GSP, a mesma da dupla Fit/City. A comunhão de componentes é mais do que justificada. Ou seja, o NSC vai aproveitar uma plataforma que já estará com custos amortizados para ter preço de briga. E, seguindo a filosofia da Honda de manter sua linha atualizada em todo o mundo, o carro brasileiro tem tudo para ser muito semelhante ao que começa a ser fabricado na Tailândia em fevereiro.

De acordo com a Honda, o compacto terá centro de gravidade baixo, apesar do teto elevado. Aliás, o design definido como “Exterior Eficiente e Energético” teve como prioridade o espaço interno, que a Honda garante ser confortável para até cinco ocupantes. Além da base do Fit, o NSC vai aproveitar também o motor 1.4 16V i-VTEC flex, de 101 cv. Mas isso não descarta o uso de um motor menor na versão de entrada, uma vez que o hatch será o modelo mais barato da Honda no país. Com motor 1.4, o preço deverá partir de R$ 40 mil. Com propulsor 1.0 flex, o preço pode ficar abaixo de R$ 35 mil.

Desenhos industriais do modelo já foram patenteados na Argentina e no Brasil. A produção desse modelo, aliás, vai mudar muita coisa na estratégia de produção da Honda, já que sua primeira fábrica na Argentina será inaugurada em maio do ano que vem. Uma possibilidade é que a marca transfira para lá a linha Civic, e fique com Fit, City e o compacto em Sumaré (SP). Ou passe o City para o país vizinho (como era o plano original) e talvez também o Fit. Certo mesmo é que o New Small vem, e vai dar muito trabalho para os atuais modelos e para uma nova turma que aponta por aí.

Fonte: Revista AutoEsporte

Flagra do Fiat Bravo em Belo Horizonte

Hatch médio será apresentado oficiamente no Salão de São Paulo.
Versão brasileira deverá ser equipada com novo motor 1.8 de 132 cv.

Internautas flagraram Fiat Bravo rodando nas ruas de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

O Fiat Bravo começará a ser vendido no Brasil logo após a sua estreia oficial no Salão de São Paulo, no final de outubro. O novo hatch médio da marca italiana mira o Ford Focus e se prepara para a chegada da nova geração do Golf no mercado nacional.

De acordo com as especulações da imprensa, a versão nacional do Bravo será igual a reestilizada apresentada na Europa. O motor deve ser o novo EtorQ 1.8 de 132 cv e 18,9 kgfm de torque.

Fonte: G1


Fotos Uno Sporting sem camuflagem

Versão esportiva do Uno estará no Salão, com mesmo motor 1.4 do Attractive

O Uno vai se juntar aos esportivos da fechada da linha Sporting no Salão do Automóvel, quando será apresentado o modelo que você vê agora, antecipado pelo blog Novidades Automotivas.

Como pode ser observado nas imagens, que foram obtidas de registros no INPI, as modificações externas do Uno não chegam a ser novidade, uma vez que já são oferecidas como acessório. Temos faróis de máscara negra, spoilers dianteiro e traseiro, saias laterais e rodas aro 15 – essas, pelo menos, com desenho inédito.

Por dentro, haverá detalhes em vermelho, tecido exclusivo nos bancos e aplique alusivo à versão no painel. O motor será o mesmo 1.4 Fire Evo usado na versão Attractive, com 88 cv e 12,5 kgfm de torque, mas a suspensão receberá calibragem específica, certamente mais firme. Os pneus serão 185/60 R15.

Vale registrar também que o Uno Sporting estará disponível nas carrocerias de quatro e duas portas, esta última com lançamento previsto para novembro.

Fonte: Revista AutoEsporte