Arquivo da categoria: Fotos

Novo Kia Sportage 2016 – O SUV revitalizado

kia-sportage-2016-foto-imagemSomente um dia após a revelação de sketches oficiais da Kia, a nova geração do Sportage foi flagrada sem nenhum disfarce durante os testes finais na Coreia do Sul. E o design final revela um quê de Porsche Cayenne, mostrando mais uma vez a influência alemã do designer Peter Schereyer, que revolucionou o estilo dos carros da Kia Motors nos últimos anos.

Desenvolvida sobre a plataforma do novo Tucson, a nova geração Sportage tem como destaque a dianteira elevada, com faróis puxados para cima nas pontas e a já tradicional grade “nariz de tigre” da Kia bem pronunciada. O SUV mantém a linha de cintura elevada, característica do atual modelo, e ganha lanternas mais delgadas na traseira, novamente numa alusão aos Porsche – desta vez ao Macan. Curioso o formato “cubos de gelo” das luzes diurnas de LEDs abaixo dos faróis principais.

kia-sportage-2016-traseira-foto-imagem

Internamente, a Kia promete “a mais refinada cabine de alta qualidade até agora”, com o uso de componentes do irmão maior Sorento e do sedã Optima. A oferta de motores deverá ser a mesma do novo Tucson: 1.6 aspirado (135 cv), 1.6 turbo (176 cv), 1.7 diesel (115 cv) e 2.0 diesel (184 cv). Tração dianteira será standard, com o sistema AWD oferecido como opcional, em versões com câmbio manual de seis marchas ou automático também de seis velocidades, além de uma caixa de dupla embreagem e sete marchas.

O novo Sportage 2016 tem apresentação marcada para o dia 15 de setembro durante a abertura do Salão de Frankfurt, na Alemanha. Atualmente, o modelo é o importado mais vendido do Brasil

Fiat Palio fire o mais barato do Brasil

foto-imagem-palio-fire

Com a entrada em vigor da lei que exige a instalação de freios ABS e airbag duplo, a Fiat se despediu do clássico Mille e elegeu o Palio Fire como responsável por ocupar a vaga de entrada da marca. Com isso, o hatch passou por sutis modificações estéticas e uma redução de preço. Partindo de R$ 23.990 na versão duas portas e R$ 25.990 com quatro portas, o carro é anunciado como o mais barato do Brasil. Mas, será que vale a compra? Rodamos com o carro em trechos urbanos e a impressão que fica é que o Palio Fire 2014 cumpre bem sua função nessas condições.

O conforto do interior é garantido pelos novos bancos com revestimento de tecido e volante com boa empunhadura. No entanto, o novo quadro de instrumentos com a angustiante função de econômetro (que diz se o modo de condução está econômico) elimina o conta-giros, apesar do espaço de sobra no painel. Os acabamentos internos não deixam a desejar, mas quando o motorista começa a se animar com o conforto interno, tem que se esticar sobre o banco do passageiro para ajustar o espelho retrovisor lateral manualmente. Ponto negativo.

foto-imagem-palio-fire

Ao dar a partida é que o Palio Fire mostra seu objetivo. Abastecido com etanol, o motor 1.0 flex entrega 75 cv de potência a 6.250 rpm e 9,9 kgfm de torque, que são despejados aos 4.500 rpm. Tal combinação permite ao hatch rodar em trechos urbanos sem deixar o motorista na mão em ladeiras. A direção hidráulica (vendida como opcional por R$ 1.100) agrada em manobras, mesmo com o carro em baixa velocidade, e os freios a disco nas rodas dianteiras e a tambor na parte traseira cumprem bem sua função, sem trancos nem sustos. É verdade que o câmbio manual de cinco marchas poderia oferecer engates mais justos, mas não é algo que prejudique a condução.

A suspensão oferece o tradicional conforto dos modelos da Fiat. Assim, é possível trafegar pelo asfalto irregular das ruas brasileiras sem grandes incômodos, mas a característica não privilegia curvas em alta velocidade.

Se os espelhos retrovisores pecam pelos ajustes manuais, o excelente campo de visão que oferecem contribui para o conforto da condução. Raros são os momentos em que o motorista se vê obrigado a se posicionar de maneira diferente no banco para conseguir visualizar pontos mais distantes do carro, como em uma mudança de faixa, por exemplo.

foto-imagem-palio-fire

Acessórios

Os dias ensolarados com recordes de calor podem passar despercebidos a bordo do hatch italiano. Isso porque o sistema de ar-condicionado cumpre mais do que bem seu papel e é capaz de gelar a cabine em pouco tempo. Até os passageiros que gostam de temperaturas mais baixas podem precisar aumentar a temperatura sistema para não passar frio. Isso, porém, é luxo de quem topa pagar R$ 2.350 a mais pelo carro.

Outro item que não está presente na versão “pelada” é o rádio, que pode ser adicionado por R$ 180. Apesar do visual bastante simples, o aparelho também oferece leitor de MP3 com entrada USB no porta-luvas.

Espaço

Medindo 3,82 m de comprimento, 1,63 m de largura, 1,43 m de altura e com 2,37 m de entre-eixos, o Palio Fire oferece bom espaço para o motorista e o passageiro do banco dianteiro. Nos bancos de trás, os mais altos podem sofrer em viagens mais longas. Isso porque, com o banco do motorista ajustado para uma pessoa de pouco mais de 1,70 m, os joelhos do passageiro do banco traseiro pressionam o encosto do assento. Quanto ao porta-malas, apesar do acabamento simples, nada a reclamar quanto ao espaço: enquanto o modelo de entrada da Fiat oferece bons 290 litros, o Renault Clio e o Chevrolet Celta – modelos com preços de entrada próximos aos do Palio Fire – oferecem 255 l e 260 l, respectivamente.

foto-imagem-palio-fire

Mercado

Depois da aposentadoria dos antigos modelos sem airbag e ABS de série, a categoria de veículos de entrada por menos de R$ 30 mil ficou com poucos representantes. Competem com o Palio Fire, o Chery QQ (R$ 23.990), o Renault Clio (a partir de R$ 24.450), o Nissan March (a partir de R$ 27.990) e o Chevrolet Celta (a partir de R$ 28.990). Também pesa na redução de opções o fato de que a Chevrolet parou de produzir a versão duas portas do hatch de entrada. Conforme a reportagem de Autoesporte apurou, a montadora prioriza agora fabricar a versão com quatro portas, mais procurada. Assim, o valor do Celta mais barato passou de R$ R$ 25.990 para os R$ 28.990.

Apesar de ser vendido pelo mesmo preço do hatch de entrada da Fiat e contar com mais equipamentos de série, como ar-condicionado e rádio com leitor de MP3 e USB, o chinês QQ parece não ter caído no gosto do consumidor brasileiro. Ao longo de todo o ano de 2013, a Fenabrave registrou somente 3.109 emplacamentos do modelo, enquanto a Fiat vendeu mais de 53 mil unidades do Novo Palio. Destas, cerca de 75% são da versão com quatro portas, porcentagem que deve ser mantida na linha 2014. A briga fica um pouco mais apertada entre o Nissan March, que vendeu 24.255 unidades em 2013, e o Renault Clio, com 29.199 unidades.

foto-imagem-marcas

Fotos Flagra do Compacto MG3 em testes no Brasil

Carro inglês deve chegar para competir com Audi A1 e Mini

A tradicional marca inglesa MG está fazendo testes com o MG3, um compacto que deverá concorrer na faixa do Mini e do Audi A1. O modelo foi flagrado com placas verdes em São Paulo. Produzido na China, o MG3 deverá ser o terceiro da linha a ser oferecido no Brasil, depois do MG6 e do MG 550. A representante da marca no Brasil não se pronunciou a respeito de quando as vendas devem começar, nem sobre o preço. Ele tem motor 1.5 16V de 107 cv. Estima-se que o preço deverá ficar na faixa de R$ 60 mil.

Fonte: AutoEsporte

Fotos Nova Chevrolet Blazer 2012

GM expõe conceito do utilitário em vitrine de fábrica no ABC Paulista

A Chevrolet apresentou em novembro passado em Dubai, nos Emirados Árabes, o conceito TrailBlazer, totalmente desenvolvido pela montadora no Brasil. No entanto, a divisão brasileira sequer falou sobre o modelo que deve desembarcar no Brasil até o final de 2012 como a nova geração da Blazer. No entanto, quem passar em frente ao Centro de Design da marca em São Caetano do Sul (SP), poderá ver de perto o utilitário esportivo.

O modelo repousa atrás de uma vitrine, onde se pode ver perfeitamente todas as suas linhas. Desenhado por brasileiros, ele tem a dianteira muito parecida com a nova geração da S10, que será apresentada à imprensa brasileira nos próximos dias. Já a traseira é totalmente inédita. O utilitário deve chegar ao mercado com motores flex e diesel, assim como a picape.

Extra-oficialmente, executivos da montadora confirmam a chegada do modelo ao mercado brasileiro entre o final deste ano e o início de 2013. O modelo de produção deverá ser exposto no Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro. Você pode conferir o calendário de lançamentos da Chevrolet no Brasil para os próximos dois anos na edição de fevereiro da revista Autoesporte, à venda nas bancas. Serão sete modelos em 2012 e três em 2013, sem falar nas novas versões e reestilizações.

Fonte: Autoesporte

 

Fotos Nova S10 sem disfarces

Picapes de teste do modelo Chevrolet S10 têm sido vistas em diversas cidades.
Nova geração é um dos lançamentos mais esperados para este ano.

Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo… Pouco antes de sua estreia, prevista para este trimestre, a nova picape Chevrolet S10 tem sido fotografada em diversas cidades, cada vez menos disfarçada.

A S10, totalmente renovada, é um dos lançamentos mais esperados para o ano. Desenvolvida no Brasil, ela será um produto global, já que sua base é o protótipo Colorado, apresentado pela primeira vez no Salão de Bangcoc, em março de 2011. Quanto à motorização, é possível que a General Motors apenas renove os já existentes blocos 2.4 flex (147 cavalos e 21,9 kgfm de torque) e 2.8 turbodiesel (140 cv e 34,7 kgfm de torque). Logo após o lançamento da segunda geração da S10, a GM deve apresentar a nova Blazer, com quem divide plataforma.

Fonte: AutoEsporte

 

 

 

Fotos Flagra Novo Siena em Minas Gerais

Fotos e Imagens do Flagra Novo Siena

O Siena novo será baseado no novo Palio, lançado há pouco menos de um mês.

Mas não será simplesmente um “Palio sedã”: terá personalidade própria e desenho frontal distinto. Sua previsão de lançamento é para fevereiro de 2012.

 

 

 

Fonte: AutoEsporte

Fotos Flagra Chevrolet Sonic em testes

Veículo já é vendido em outros locais, como EUA e Europa.
Marca estuda comercializar o modelo no país a partir de 2012.

Passei pela Avenida Goiás em São Caetano do Sul, São Paulo, por volta das 16h do sábado (19), quando fotografrei este carro na frente da fábrica da GM.

Nota da redação: o Chevrolet Sonic é um carro global, já vendido em outros mercados, principalmente EUA e Europa. A versão hatch do carro, também chamado de Aveo, foi mostrada no Salão de Frankfurt, em setembro, quando o vice-presidente da General Motors do Brasil, Marcos Munhoz, confirmou ao G1 os planos da Chevrolet em vender no Brasil o modelo. No entanto, Munhoz ressaltou que a importação do Sonic para o país esbarra na alíquota de 35% sobre o preço do carro, o que pode inviabilizar sua comercialização.

De acordo com Munhoz, o Sonic, que é atualmente produzido na Coreia do Sul, não será fabricado no Brasil.

A versão sedã do modelo  foi lançada no Salão de Genebra, em março, e na ocasião o presidente mundial Dan Akerson afirmou pela primeira vez que o modelo viria para o Brasil.

Se o carro realmente chegar, ficará entre Agile e Cruze hatch, este último também programado para 2012.

Fonte: Autoesporte

Fotos Flagra Novo Citroën C3

Flagra Fotos Imagens Novo Citroen C3

O lançamento do novo C3 será no segundo semestre do ano que vem, e a Citroën segue em testes intensos das versões pré-série do modelo. Agora, o leitor Leonardo Gonçalves flagrou uma unidade camuflada do compacto rodando no calor de Teresina (PI). As imagens mostram detalhes da traseira da nova geração do modelo e deixam mais claro o tamanho maior do novo C3 em relação à geração atual.

Atualmente , a fábrica da PSA Peugeot-Citroën em Porto Real (RJ) já produz cerca de cinco unidades diárias do novo C3 em regime de treinamento. A versão brasileira do C3, conhecida internamente como Ai51, terá mudanças no desenho dianteiro em relação à versão vendida atualmente na Europa. A grade será igual à do AirCross, com os contornos cromados se juntando para formar o logotipo da marca. Já o para-choque será semelhante ao da versão esportiva DS3.

A PSA já anunciou um investimento de R$ 3,7 bilhões para a expansão de sua fábrica até 2015, voltado para o desenvolvimento e fabricação de novos projetos de veículos e motorização.

Fonte: AutoEsporte

Fotos S10 flagrada em São Paulo novamente

A nova geração da picape Chevrolet S10 está prontinha para ir às ruas brasileiras, como mostram as novas fotos enviadas pelo leitor Davi José Leite. O utilitário Chevrolet foi flagrado de novo em São Paulo e praticamente sem disfarces – faróis, lanternas e a gravata dourada estão cobertos. A nova geração da picape média será lançada no Brasil em meados de janeiro e sua chegada decretará o fim da S10 atual – só a mecânica será “reaproveitada”.

Assim como os outros , a nova S10 adotará as nomenclaturas mais recentes da General Motors. A versão mais simples será a LS, seguida da intermediária LT e da topo de linha LTZ. A picape também terá versões cabine simples e dupla, com tração traseira (4X2) ou integral (4X4). E sob o capô, uma notícia não tão inspiradora: devem ser oferecidos os mesmos motores da S10 atual, o bloco 2.4 litros flex e o 2.8 diesel turbo.

A GM, porém, deve fazer aprimoramentos nos dois blocos. Na S10 atual, o propulsor 2.4 flex produz potências de 141 cv (gasolina) e 147 cv (etanol) e um torque interessante de 21,9 kgfm aos 2.800 giros – com ambos os combustíveis. Já o bloco 2.8 diesel turbo gera 140 cv e um torque robusto de 34,7 kgfm entre 1.800 e 2.400 rpm. Ambos são acoplados a um câmbio manual de cinco marchas (ainda não há notícias sobre caixa automática).

A nova geração da S10 será produzida na fábrica da GM em São José dos Campos (SP). Lá também será montada a nova geração do utilitário esportivo Blazer. Líder do segmento de picapes médias há mais de uma década, a nova S10 enfrentará um cenário bem mais competitivo em 2012. Além da nova geração da arquirrival Ford Ranger, a Toyota remodelou a Hilux (leia aqui) e até uma picape indiana da Tata Motors deve chegar – importada pelo grupo SHC do empresário Sergio Habib, presidente da chinesa JAC Motors.

Fonte: Autoesporte

Fotos Flagra Novo Peugeot RCZ

O Peugeot RCZ chegará às concessionárias da marca no final do mês de outubro. O cupê de linhas que remetem ao Audi TT terá o mesmo motor 1.6 Turbo do crossover 3008, só que remapeado para produzir 165 cavalos de potência, em vez de 156 cv. A transmissão será automática de seis velocidades. Ainda não há informações sobre o preço do veículo.


 

Fonte: AutoEsporte