Arquivo da categoria: Funilaria

Detalhamento e tratamento de pintura automotiva

pintura-fotoDetalhamento trata-se de uma arte, um tratamento de excelência para automóveis, o qual vai de uma minuciosa limpeza até a correção da pintura para remover qualquer defeito e promover sua máxima proteção. É um processo de limpeza e condicionamento completo das partes externas e internas possíveis de serem tratadas, a fim de manter o veículo sempre limpo, protegido e impecável.

O perfeccionismo e a atenção prestada aos detalhes é algo realmente impressionante, envolve a paixão do profissional e sua vontade em fazer o melhor possível. É nessa hora que se diferenciam os trabalhos e os profissionais.

Se o propósito é fazer um trabalho de produção, é muito provável que o objetivo não seja a perfeição e sim a produtividade, repercutindo no acabamento final. Fica evidente que uma concessionária não dedicará atenção exclusiva e respeitando o processo como deve ser feito, pois neste caso que esta em jogo é a produtividade. O funcionário cumpre metas e o cliente geralmente não conhece outros recursos mais específicos para que seu carro seja cuidado como se deve.

Quando se trata de um detalhamento, o valor está no resultado que se pode atingir, ou seja o profissional empregar o máximo de sua paixão e conhecimentos a fim de fazer com que seu cliente seja surpreendido ao buscar seu carro. Neste caso não se está buscando produtividade e sim qualidade. O artesão não faz por dinheiro, e sim por paixão.

Neste ponto cabe ao profissional definir o que irá fazer, um detailer carrega consigo a vontade e a dedicação de fazer sempre o melhor e buscar cada vez mais o conhecimento sobre aquilo que faz. Não quero dizer que não existam bons polidores, porém o foco e o método de trabalho muitas vezes são diferentes.

Talvez o passo mais importante em um detalhamento, é o de avaliar o trabalho necessário, pois ao contrário do que acontece nos trabalhos comuns, não se pode cometer o erro de pensar que existe uma sequencia definida para tudo. Ou seja, em um veículo menos danificado não podemos usar produtos tão agressivos quanto usaríamos em um veículo bastante danificado.

A indústria de tintas e vernizes esta em constante evolução, e não podemos pensar que um mesmo processo e os mesmos produtos surtirão efeitos satisfatórios em uma infinidade de vernizes e tintas diferentes. Apenas com conhecimento e experiência se consegue dosar o material disponível para cada caso diferente. Isso diferencia o Detailing de qualquer outro serviço automotivo tornando este tipo de trabalho uma verdadeira arte.

10 tipos de cuida da pintura do seu carro

foto-imagem-pinturaTem dúvidas de como cuidar da pintura do seu carro? Com ajuda de Seiiti Ogata, proprietário da O2autolab, oficina especializada em funilaria e pintura, respondemos as principais perguntas sobre o assunto. Confira!Algumas pessoas usam limão, esfregado diretamente, para remover manchas
do calcário de goteiras de prédios. Pode?

Pode desde que a cal ou o cimento que caiu sobre o veículo não tenha danificado o verniz. Se isso ocorreu, é preciso fazer uma repintura. O limão tem uma ação excelente para essa remoção, pois é ácido. É preciso limpar a área depois de passar o limão, pois, devido à sua acidez, ele pode corroer a pintura.As capas automotivas protegem mesmo a pintura?
Sim. Por outro lado, a ação de colocar e tirar a capa risca o carro. Sendo assim, só vale a pena usá-la em um modelo que vai ficar muito tempo parado.

Como remover adesivos com papel da lataria?
Use um soprador térmico para aquecer e o adesivo o remova usando uma espátula plástica. Depois, é necessário fazer um polimento para tirar a marca que o adesivo deixou.

Com que frequência se pode ou se deve encerar o carro?
Depende da cera que é utilizada. As ceras comerciais têm uma durabilidade média de um mês. Então, pode encerar a cada mês. Já os produtos profissionais resistem de seis meses a um ano.

Como eliminar grude de piche na carroceria?
Para evitar danos à pintura é indicado o uso de um solvente leve ou à base de água. O ideal é ir a uma oficina, mas é possível fazer em casa uma solução com 50% de querosene e 50% de água. É importante ressaltar que se o carro tiver alguma proteção como uma cristalização ou cera, o solvente vai remover esse produto. Por isso, é necessário reaplicá-lo.

Como remover respingos de tinta que caíram sobre a lataria?
O ideal é tentar remover enquanto a tinta não está seca, mas, se isso já ocorreu, é possível remover com uma solução com 50% de querosene e 50% de água. Em casos críticos, é melhor levar para uma oficina especializada.

Como evitar que a pintura fique fosca e que o verniz comece a descascar com o tempo?
Quando a pintura é original, dificilmente isso acontece. Isso só ocorre por conta de verniz de baixa qualidade. No dia a dia o carro vai riscando e acaba perdendo um pouco do brilho. Por isso, de vez em quando é bom fazer um bom polimento para eliminar os riscos.

O que ocasiona menos desvalorização na hora da revenda: riscos na lataria ou ter partes do carro pintadas?
Depende do comprador. Caso seja um lojista, se o carro foi bem repintado, provavelmente vai ter menor desvalorização do que o riscado. Se for para um particular, talvez a situação se inverta. O que é certo é que uma pintura malfeita deprecia muito.

Como tirar dejetos de pássaros e seiva de plantas?
Para os dejetos, use o limão. Já a seiva, com uma lavagem. Se já tiver afetado o verniz é preciso fazer uma repintura.

É verdade que a cor vermelha “queima” com o passar do tempo, por conta da intensa exposição ao sol, neblina e sereno?
Na verdade todas as cores estão sujeitas a essa ação dos raios UVA e UVB. Mas hoje em dia os veículos já têm uma proteção maior e não sofrem tanto com isso.

Funilaria e pintura – Volkswagen lança novo conceito de serviço – Centro de Reparo e Pintura

Funilaria-e-PinturaA Volkswagen inaugura no Brasil novo conceito de serviços de funilaria e pintura, que promete oferecer aos clientes da marca atendimento com alta qualidade e tecnologia, além de preço e tempo competitivos. O novo serviço já está disponível em seis concessionárias da rede: Saga, em Brasília (DF); Copava, em Curitiba (PR); Germânica, em Sumaré (SP); Vox, em Florianópolis (SC); Guaibacar, em Porto Alegre (RS); e Amazon, em São Paulo (SP).

O “Centro de Reparo e Pintura Volkswagen”, como é chamado pela empresa, pode ser incorporado em concessionárias já existentes ou pode ainda ser uma unidade separada fisicamente da loja. O objetivo da Volkswagen é incrementar a capacidade do pós-vendas e a lucratividade na prestação de serviços, além de aumentar a as parcerias com as seguradoras e diversificar seu portfólio de atendimento.

A Volkswagen espera abrir mais 50 centros nos próximos quatro anos. “As oficinas do centro de reparo e pintura serão centros de excelência no reparo automotivo, que contarão com o que há de melhor em tecnologias de produtos, fluxo lógico de processos, equipamentos modernos e profissionais capacitados. Nosso objetivo é apresentar uma oferta de serviços eficientes, com mais qualidade e a custos e prazos competitivos”, comenta Jean Philippe Cheverry, gerente de desenvolvimento de novos negócios da Volkswagen.

VOLKSWAGEN EXPRESS

Em paralelo, a Volks implementa desde dezembro do ano passado o “Volkswagen Express”, outra ação que visa promover mais satisfação ao cliente e fidelização à marca e à concessionária. Este conceito promete mais agilidade nos serviços, como troca de óleo, de pneus, balanceamento e alinhamento, freios, entre outros que podem ser realizados em até uma hora.

O “Volkswagen Express” já é implementado, segundo a empresa, em três concessionárias paulistanas: Sorana, localizada na Zona Norte; Alta Jafet, na Zona Sul; e Original Penha, na Zona Leste. Fora do Estado de São Paulo, a concessionária Servopa, de Curitiba (PR), também já disponibiliza os serviços rápidos. Até o fim de fevereiro, estão previstas as inaugurações de duas novas unidades: Vox, em Florianópolis (SC), e Comasa, em Assis ( SP). O objetivo da empresa é inaugurar mais 100 “Volkswagen Express” nos próximos quatro anos.