Arquivo da categoria: Camaro Conversível ZL1

Testando óculos google glass em carro camaro conversível no brasil

foto-imagem-dirigimos-usando-o-google-glassO Google Glass ainda nem chegou ao mercado e já divide opiniões. Enquanto uns acreditam que ele pode ajudar motoristas, há quem diga que ele será mais um motivo de distração ao volante. Para esclarecer a polêmica, dirigimos por alguns dias com uma das poucas unidades dos óculos digitais que estão no Brasil para explicar como eles podem ajudar ou atrapalhar no trânsito.

Conectado ao seu celular, o Glass mostra informações como navegação por GPS, alertas de ligações e e-mails direto no seu olho. Uma pequena tela posicionada acima da sua linha de visão se acende sempre que você recebe uma notificação, o que pode representar o fim das telas multimídia dos carros.

Já a pequena câmera embutida na armação dos óculos dá conta de fazer fotos e gravar vídeos (como este que você assiste abaixo) em alta resolução. Diferente de outros aparelhos já popularizados, o Glass promete fazer imagens mais parecidas com as que o próprio motorista enxerga.

foto-imagem-dirigimos-usando-o-google-glass

Camaro ganha versão conversível

foto-imagem-camare-conversivel

Motivada pelo bom desempenho de vendas da versão cupê no Brasil, a Chevrolet passa a vender por aqui a inédita versão conversível do Camaro por R$ 239.900. O motor, no entanto, continua o mesmo da versão cupê, que segue sendo vendida por R$ 222.096.

O Camaro conversível passou por poucas modificações visuais, sendo a capota retrátil a principal delas. Feita de lona, a estrutura tem acionamento elétrico que leva cerca de 20 segundos para concluir o movimento. A peça é revestida com espuma acústica e tem um vidro térmico acoplado. Segundo representantes da montadora, o nível interno de ruídos é o mesmo em ambas as versões.

Para rebater a capota, é necessário que o câmbio automático esteja na posição “P” e os passageiros precisam destravar a peça por uma alavanca no teto antes de começar a operação. O acionamento elétrico é feito por um botão posicionado próximo ao espelho retrovisor central. O procedimento é semelhante para fechar a capota novamente, mas a alavanca que trava a peça no lugar correto tem acionamento duro.

foto-imagem-camare-conversivel

Fabricada no Canadá, a versão conversível é feita a partir da última reestilização do cupê, com novo desenho da dianteira e dos faróis, além de rodas de 20 polegadas e pneus traseiros mais largos. O único diferencial exclusivo da versão conversível é a antena tipo tubarão posicionada na tampa do porta-malas. Porém, foram feitas mudanças estruturais no veículo por conta da diminuição na estrutura.

Debaixo do motor, a nova versão segue equipada com o motor Small Block V8 6.2 de 406 cavalos de potência a 5.900 rpm, 56,7 kgfm de torque a 4.600 giros e tração traseira. No entanto, segue sendo oferecida no Brasil somente a opção de câmbio automático de seis velocidades, com sistema de troca de marchas por aletas atrás do volante. Segundo a Chevrolet, o Camaro conversível tem velocidade máxima limitada em 250 km/h e acelera a 100 km/h em 4,8 segundos.

foto-imagem-camaro

Assim como no cupê, o motorista conta com tecnologia de projeção de informações de desempenho do carro no para-brisas (head up display), sistema multimídia MyLink, com tela sensível ao toque e reconhecimento de voz, Bluetooth, câmera de ré e sistema de som com alto-falantes de alta definição e subwoofer no centro do banco traseiro. Os bancos são revestidos em couro, contam com ajuste elétrico de posição e sistema de aquecimento para os passageiros dianteiros.

A princípio, o Camaro conversível será vendido somente nas cores preto, branco, cinza e amarelo, mas a própria Chevrolet garante que “há total possibilidade de aumentar a oferta de cores”.

foto-imagem-camaro

Camaro mostra novo modelo conversível no salão de Frankfurt

foto-imagem-Chevrolet-Camaro-ZL1-Conversivel-2013-01A General Motors comunicou hoje (21) que apresentará a versão reestilizada do Camaro conversível no Salão de Frankfurt, Alemanha, em setembro. Além das alterações na frente e na traseira, o modelo oferece uma nova cor do display do painel e o sistema multimídia MyLink, com tela touch screen.

foto-imagem-camaro-conversível

 

Tanto o conversível quanto o cupê – que também estará no salão – trazem sob o capô o motor V8 6.2 de 431 cavalos de potência com câmbio manual de seis marchas. Para chegar a 100 km/h, a versão sem capota leva 5,4 segundos e a coberta, 5,2.

Os dois Camaros começarão a ser vendidos no fim de 2013, na Europa. Os preços do cupê partem de US$ 53.500,00 (o equivalente a cerca de R$ 128 mil) e os do conversível, de US$ 60.300,00 (aproximadamente R$ 145 mil).

foto-imagem-camaro-elegante

Carro mais potente da Chevrolet: Camaro ZL1 versão 2013 é o conversível que tem mais potência

Camaro amarelo ZL1 conversível ainda não tem previsão de venda no Brasil

A Chevrolet deve começar as vendas do novo Camaro ZL1 a partir do início de 2013 no mercado norte-americano. Além da versão cupê do topo de linha da fabricante, foi divulgado o modelo conversível, considerado pela Chevrolet como o Camaro mais potente da marca.

A versão foi apresentada menos de um ano após a apresentação do ZL1. O conversível 2013 tem a mesma base do Camaro ZL1 cupê, com motor V8 6.2 litros, porém dotado de mais potência e torque: 580 cavalos e 754 Nm. O esportivo supera a potência de outros modelos 2+2 (dois adultos na dianteira e duas crianças nos assentos traseiros), como o Mercedes-Benz SL62 AMG.

Visão interna do Camaro ZL1 conversível

Visualmente, o conversível é idêntico ao cupê, como novos para-choques e capô abaulado para receber o motor V8. O ZL1 recebeu reforços na estrutura para compensar a ausência do teto rígido, como outros conversíveis. Para dar conta dos 580 cv, o modelo vem com controle de tração e estabilidade de série. Um dos diferenciais no visual são os enormes escapamentos quádruplos na traseira do carro.

Traseira do Camaro ZL1 conversível

 Nos Estados Unidos, o conversível deve custar cerca de R$ 80 mil, menos da metade do que se cobra no Brasil por uma versão menos potente. Ainda não há previsão da chegada do ZL1 esportivo e cupê ao mercado brasileiro.

O Camaro ZL1 tornou-se popular no filme “Transformers”, no qual um robô se transforma no esportivo. No Brasil, o Camaro, ou melhor, o Camaro Amarelo se popularizou após a música da dupla Munhoz e Mariano.

Cena de “Transformers”