Google

Uso da Cadeirinha nos Carros

Data: maio 23, 2010
Opiniões
Deixe a sua!

Uso será obrigatório em automóveis.
Objetivo é garantir maior segurança no caso de acidentes.

A partir do dia 9 de junho, o uso da cadeirinha em automóveis será obrigatório em todo o país. Pela nova lei, regulamentada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), quem não proteger as crianças corretamente será multado por infração gravíssima.

“Nenhuma criança de bom grado vai querer usar o cinto. Mas os pais têm de assumir essa autoridade, não só perante a lei. Perante os filhos, eles são autoridade máxima. Talvez, se os pais assumirem essa fiscalização, esse hábito, talvez a gente tenha daqui a 10, 12 anos, jovens que usarão cinto lá atrás”, sugere o especialista em educação no trânsito Eduardo Bivati.

De acordo com a psicóloga Virgínia Turra, ignorar o berreiro das crianças que não querem sentar na cadeirinha não é uma boa tática. “Isso é uma forma muito cruel de tratar uma criança, é importante conversar e ir acalmando. As crianças rapidamente detectam se os pais estão firmes e calmos na decisão ou se os pais estão inseguros na decisão. As crianças são ótimas pra detectar as inseguranças dos pais”, ensina.

Samantha Paiva, também psicóloga, conta como a família adquiriu o hábito: “Se precisam sair com a Bia, ou a gente troca de carro ou passa o cadeirão para o carro de quem precisar sair com ela. A gente vai deixar o cadeirão com a avó por uma questão de segurança da nossa filha”.

O ministro das Cidades, Márcio Fortes, reforça a importância do equipamento para a segurança das crianças. “Um lado é divulgar a legislação, mas por outro indicar que é sério risco, porque muitas pessoas dizem: ‘Ah, isso não acontece no carro com meu filho’. Eu já perdi um filho no trânsito, então posso dizer como é triste perder um filho. Não quero que isso aconteça com ninguém”, diz. “As pessoas não sabem que as crianças até 14 anos a principal causa de morte é acidente de trânsito. É bom lembrar que é muito perigoso e pode acontecer, infelizmente, com qualquer um”, ressalta.

Fonte: G1

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.