Google

O que fazer quando o carro a álcool não liga em dias frio

Data: janeiro 18, 2010
Opiniões
Deixe a sua!

O que fazer no caso de o carro a álcool não querer ligar nos dias frios? O óleo do câmbio pode ser trocado? Antes de ligar o ar-condicionado é preciso esperar o motor aquecer?

O que fazer no caso de o carro a álcool não querer ligar nos dias frios? É verdade que se coloca um pouco de gasolina ajuda?
– Paulo Soares

Quando um carro a álcool demora a pegar em dias frios é sinal de que existe algum problema com o injetor de gasolina. A primeira verificação a fazer é conferir se tem gasolina no reservatório, pois o motorista pode se esquecer de completar ou então, o que é pior, pode ter um vazamento. Sem o auxílio da gasolina, o carro vai demorar a dar partida, mas vai funcionar. A mistura de álcool e gasolina em um carro movido apenas a álcool não é recomendada, mas é verdade sim que um pouco de gasolina adicionada ao tanque favorece a partida. De forma geral, o mais recomendado é manter o sistema de partida a frio em ordem.

Com o ar-condicionado ligado o consumo de combustível aumenta? Quanto?
– Casé
O condicionador de ar instalado nos automóveis aumenta o consumo de combustível sim. Isso porque o compressor do ar-condicionado é movimentado por uma correia acoplada ao motor. Ao ligar o aparelho o motor passa a executar um esforço maior e isso tem como conseqüência uma perda de potência que pode variar entre 4% e 7%, a depender do tipo de motor. Ou seja, na prática um carro com o ar-condicionado ligado tem um aumento do consumo de combustível em torno de 5%.

Ligar o carro com o ar-condicionado ativado tem algum problema?
– Sérgio Benevides
Não há problema algum. Antigamente, na época dos primeiros automóveis equipados com ar-condicionado, isso poderia causar algum transtorno. Atualmente, não tem problema dar partida no carro com o aparelho ligado, já que os veículos modernos possuem sensores que ativam e desativam o sistema em diversas condições. Porém, o motorista precavido sempre liga o motor com todos os componentes elétricos desligados.

Antes de ligar o ar, é verdade que devo esperar o motor aquecer um pouco?
– Betinho Torres
Essa informação não procede. Para ligar o ar-condicionado basta o motor estar em funcionamento. Quanto ao ar quente, este sim precisa que o motor esteja aquecido, uma vez que o calor gerado pelo motor é que vai fornecer o ar quente a ser enviado para dentro do carro.

Com quantos quilômetros deve-se trocar o óleo do motor?
– Lucimário
O óleo do motor deve ser trocado conforme sua especificação. Os modelos mais comuns, com base mineral, têm como recomendação a troca a cada 5 mil quilômetros. Outros, com fórmula semi-sintética a cada 10 mil e os sintéticos a cada 20 mil km. O importante é saber que uma vez adicionado ao motor, o óleo, independente de sua composição, deverá ser trocado ao atingir o limite de quilometragem estipulado pelo fabricante ou a cada seis meses. Isso mesmo, o motorista também deve considerar o tempo para fazer a troca e lembre-se de utilizar apenas o óleo recomendado pelo fabricante. Essa especificação consta no manual do proprietário.

O óleo do câmbio pode ser trocado?
– Diego, Rio de Janeiro
Antigamente era necessário fazer a troca a cada 10 mil quilômetros. Hoje, a composição dos lubrificantes evoluiu bastante, mas ainda assim o câmbio manual deve ser verificado a cada 10 mil quilômetros e se necessário completar. Alguns fabricantes recomendam trocá-lo aos 30 mil, outros, aos 50 mil. O certo então é fazer o que o fabricante do seu carro pede e seguir a recomendação.

Quero comprar um celta VHC, mas não sei o que significa esta sigla.
– Carlinhos
Essa sigla é utilizada pela Chevrolet em alguns de seus modelos, dentre eles o Celta. A sigla vem da expressão em inglês, Very High Compression, ou seja, motor de alta compressão, o que na prática quer indicar um modelo mais potente do que a versão normal.

Vejo comentários que falam de giros, mas o que é isso?
– Maria Tonete
O motor é composto por algumas partes móveis no seu interior. Essas peças fazem um movimento interno para o motor entrar em funcionamento e esse movimento é chamado por giros do motor. Dessa forma, os giros do motor são representador por rotações por minuto (rpm), que quer dizer quantos giros essas peças internas fazem a cada minuto. Então, quando se ouve falar que a rotação do motor está em 5 mil giros, significa que o funcionamento do motor naquele momento está em um regime de 5 mil rotações a cada minuto. Para se ter uma ideia disso na prática, em marcha lenta, ou seja, o motor funcionando, mas o carro parado, a rotação estará entre 1 mil e 1,5 mil giros.

Fonte: G1

1 comnetário Comente

  1. priscyla maia says:

    pretendo comprar um gol quadrado ano 87,motor 1.6 AP!
    QUAL A RECOMENDAÇAO? AGUARDO RESPOSTA!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.