Google

Marca lembra que o seu futuro crossover é um para as metrópoles ao escolher seu disfarce

Data: agosto 14, 2017
Opiniões
Deixe a sua!

BMW não costuma fingir que seus crossovers são utilitários lameiros. Agora, o fabricante alemão assumiu antes mesmo do lançamento que o novo X2 será um veículo para cidades ao escolher uma camuflagem urbana como disfarce para os primeiros protótipos.

Segundo eles, o X2 está adequado ao seu futuro habitat: a selva urbana. Por enquanto, foi apenas uma expedição de exploração pelas ruas europeias, mas o lançamento final será no mês que vem, durante o Salão de Frankfurt. A chegada do novo crossover ao mercado brasileiro está marcada para 2018.

A marca adota uma sigla já conhecida de outros serviços para o novo X2: SAC, ou sport activity coupé, coupé para atividades esportivas. Em alguns veículos da linha X, a BMW adota o termo SAV (sport activity vehicle) no lugar do tradicional SUV (sport utility vehicle).

Ao contrário dos arrojados X4 e X6, o jeito cupê do X2 é mais tênue. O efeito ficará por conta da linha de cintura ascendente, para-lamas alargados, reduzida área envidraçada, altura de rodagem menor e capô alongado. Faróis e lanternas também são mais espichados do que no X1 e têm iluminação em leds para combinar com o para-choque dianteiro marcado pelas entradas de ar.

De acordo com a BMW, a camuflagem nos tons amarelo, cinza e preto destacam a carroceria mais musculosa. Embora seja mais ousado do que o X1, com o qual divide a plataforma UKL2, o X2 de produção parece mais conservador quando comparado ao primeiro conceito revelado no Salão de Paris, apresentado também no Salão do Automóvel de 2016 e cotado para ser montado em Araquari, Santa Catarina. Especialmente depois do vazamento de imagens de patente da versão final do X2.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.