Google

Fotos Chevrolet Cruze Sport6 Hatch – Preço R$ 64.900

Data: Abril 9, 2012
Opiniões
Deixe a sua!


Cruze Sport6 chega para brigar especialmente com o sul-coreano Hyundai i30 e o arquirrival Ford Focus hatch

A General Motors do Brasil enfim lançou, nesta segunda-feira (9), o Chevrolet Cruze Sport6, versão hatch do sedã médio vendido no país desde outubro de 2011. Substituto do Vectra GT, o modelo chega nas configurações LT e LTZ, com preços que partem de R$ 64.900 (manual) e atingem R$ 79.400 (automático). Ambos os câmbios possuem seis marchas e, por enquanto, o Cruze hatch usará apenas o motor 1.8 litro Ecotec flex.

Para tornar o Cruze Sport6 competitivo no segmento, a GM recheou a lista de equipamentos. Desde a versão LT há airbags frontais e laterais dianteiros, ABS, direção elétrica, ar-condicionado de duas zonas, controle de estabilidade (ESP), entre outros. A LTZ também está disponível com transmissão manual, e adicionalmente recebeu itens como teto solar, botão start-stop, airbag de cortina e GPS integrado no painel (tela de sete polegadas). Uma das funções do GPS é informar automaticamente a localização de postos quando a autonomia de combustível baixa para cerca de 40 km.

Teste do Cruze Sport6

A denominação Sport6 pode insinuar que o novo Cruze tem um coração mais esportivo. A traseira de hatchback normalmente está associada a isso. As saias laterais e a extensão do para-choque frontal reforçam a ideia. No entanto, o Cruze Sport6 (o seis refere-se ao número de marchas, tanto no câmbio manual como no automático) busca atrair jovens que buscam apelo esportivo não no desempenho, mas no visual. O motor Ecotec 1.8 16V (144 cv com etanol e 140 com gasolina) é o mesmo do sedã, assim como o câmbio, acerto da suspensão, etc.

Cruze Sport6 por enquanto é equipado apenas com o novo motor 1.8 Ecotec de 144 cv de potência (etanol)

Testado no campo de provas da Cruz Alta, em Indaiatuba (SP), o modelo mostrou bom comportamento. Da mesma forma como o modelo de três volumes, o hatch é rápido, dócil no comportamento e confortável para motorista e passageiros.

A principal diferença é a traseira mais curta. O hatch é 9 cm mais curto que o sedã (4,51 m), o que compromenteu um pouco a capacidade de carga. No novo modelo, o porta-malas abriga 402 litros (450 l no sedã). A distância entre-eixos, porém, foi mantida em 2,68 m, preservando o espaço no banco traseiro.

No teste, o hatch apresentou desempenho rigorosamente igual ao do sedã. Isso porque, embora a nova versão de carroceira seja ligeiramente mais leve que a do sedã (não chega a dois quilos, de acordo com Pedro Manuchakian, vice-presidente de engenharia), a aerodinâmica é bem pior. Enquanto o sedã tem coeficiente aerodinâmico (Cx) de 0,31, no hatchback o índice sobe para 0,35. Isso ocorre porque nos hatchbacks há maior turbulência na traseira, o que prejudica um pouco a performance. De qualquer forma, é um sintoma que só se manifesta em velocidades mais alta, e que no dia a dia não fará diferença.

No hatch, coeficiente aerodinâmico (Cx) de 0,31 para 0,35

Na pista, o Cruze hatch manual fez 0 a 100 km/h em 11,1 segundos, empatando com o sedã. Com transmissão automática, também houve empate técnico: 11,2 s no sedã e 11,3 s no hatch. As duas versões de câmbio mostraram bom comportamento no campo de provas da GM. As respostas são boas, e o comportamento da carroceria é similar ao do sedã. Ao contrário do que se poderia supor, a Chevrolet buscou o mesmo comportamento de suspensão do sedã, e não um acerto mais firme. Mas o fato é que o Cruze sedã já oferece um bom compromisso entre conforto e estabilidade. A inclinação da suspensão é moderada nas curvas, e o carro não pula muito quando passa por pisos irregulares. Os pneus são da coreana Kumho (225/50 R17).

Para dar aspecto esportivo, GM escolheu tons escuros para o interior do Cruze hatch (sedã usa tons de pastel)

Em relação ao sedã, as diferenças visuais ficam por conta das rodas (também aro 17) com desenho próprio. Além disso, os faróis de neblina receberam molduras cromadas e a entrada de ar inferior perdeu a barra central. Internamente, o revestimento emprega cores escuras, mais de acordo com a proposta esportiva.

Confira abaixo os preços (por versão) do novo Chevrolet Cruze Sport6:

LT Manual – R$ 64.900
LT Automático – R$ 69.900
LTZ Manual – R$ 77.400
LTZ Automático – R$ 79.400

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.