Google

Dúvidas sobre câmbio automático e sequencial

Data: Maio 10, 2012
Opiniões
Deixe a sua!

Especialista responde às dúvidas sobre câmbio automático.
Saiba também qual a vantagem do câmbio sequencial.

Câmbio manual e automático

Antes item de luxo no país, o câmbio automático começa a se popularizar entre os brasileiros. No último domingo, o G1 explicou como utilizar, de forma correta, esse tipo de câmbio e, entre as diversas dúvidas de leitores, muitos quiseram saber se, em emergência, uma redução de marcha brusca poderia ser feita. A resposta é sim. O especialista Ricardo Lopes da Fonseca explica que basta puxar a alavanca para a próxima posição, que deve ser a 3 ou 2. No caso de o carro contar com câmbio seqüencial, será preciso mover a alavanca para a direita e empurrar em direção ao sinal de menos (-). Confira esta e outras dúvidas dos leitores:

O meu Toyota Corolla é automático, no câmbio tem dois botões. Para engatar a marcha preciso apertar o maior? E quanto ao menor que acende uma luz amarela no painel, para que serve? E posso usá-lo em quais situações?

O botão maior é utilizado para mover a alavanca entre as posições. Sem apertar esse botão a alavanca fica travada, principalmente na posição P, quando parado ou estacionado. Já o botão menor é um dispositivo chamado “overdrive” e é identificado pela sigla O/D. Na prática trata-se de acionar uma sobre marcha, que no caso do Corolla seria a quarta marcha. Pode utilizá-lo o tempo todo ativado, porém para fazer uma ultrapassagem ou pegar uma subida íngreme é recomendável desativar.

Versão 1.8 do Meriva tem opção com transmissão automatizada

No câmbio automático, quando estamos dirigindo em estrada, é possível fazer uma reduzida brusca (em emergência), para reduzir a velocidade?

É possível sim. Nessa condição, o motorista estará com o câmbio posicionado em D (drive). Em situação de emergência que exige uma redução, basta puxar a alavanca para a próxima posição, que deve ser a posição 3 ou 2. No caso de o carro contar com câmbio seqüencial, será preciso mover a alavanca para a direita e empurrar em direção ao sinal de menos (-). Cada empurrada reduz uma marcha.

Qual é a diferença do câmbio automático para o automatizado (este automatizdo, que equipa o Meriva e o novo Linea)?

O cambio automático – como foi descrito na matéria – conta com conversor de torque e circuitos hidráulicos e seu funcionamento é automático. O câmbio eleva e reduz as marchas de acordo com a velocidade e rotação do motor. Já o automatizado preserva a dinâmica do câmbio manual tradicional. Seu funcionamento se dá com a ajuda de embreagem automática e de pequenos servomotores. Assim não tem o pedal da embreagem também. As marchas são engatadas de forma seqüencial, assim o motorista fica o tempo todo mudando-as. No Fiat Stilo, o câmbio conta também com as borboletas atrás do volante. O melhor é o custo, menor quando comparado ao câmbio automático. Ainda tem desempenho e economia compatíveis com os modelos manuais.

No caso de um aclive, como vou conseguir controlar o veículo de câmbio automático, sendo que quando há embreagem o controle segue por ela sem uso de freio de mão? Neste caso, uso a embreagem e o acelerador para segurar o veículo, e no automático?

No automático é sempre importante ficar com o pé no freio. Tanto em subidas quanto descidas. Se você está em um aclive e pára em um cruzamento, por exemplo, o correto é ficar com o pé no freio. Ao arrancar tira-se o pé do freio e acelera. O procedimento é o mesmo que o manual, porém sem a utilização da perna esquerda.

Há alguma relação ou necessidade de se posicionar a alavanca en “N” quando o carro estiver parado devido ao trânsito intenso?

Necessidade não há. O correto é até permanecer em D. Quando o conjunto está em funcionamento, o câmbio está com sistema de lubrificação ativo e assim se permanecer na posição D por um período não tem problema algum. Colocar a alavanca na posição N pode oferecer um pouco mais de conforto em um trânsito pesado e talvez alguma economia de combustível.

Câmbio automático sequencial 

Queria saber o que é câmbio automático sequencial

Esse tipo de câmbio é um modelo automático que pode também ser utilizado na função seqüencial, quando então passa a ser manual, comandado pelo motorista. Porém, esse “manual”, só troca as marchas em seqüência, ou seja, não dá para ir da terceira para quinta sem passar pela quarta.

Gostaria de saber o que significa os sinais de – e + no câmbio automático com o exibido na primeira foto da matéria e quais suas funções.

Os sinais são utilizados quando o câmbio está na posição seqüencial, mais comumente chamado de Tiptronic – nome comercial utilizado pela Audi e Porsche. Essa opção é indicada quando o motorista deseja fazer as trocas manualmente. O carro continua sem a necessidade de embreagem, mas as trocas precisam ser comandadas pelo motorista. O sinal de mais significa que, ao puxar a alavanca para trás, o automóvel vai subindo as marchas. Por exemplo, sai em primeira e o motorista puxa a alavanca e troca para segunda. Assim vai. O sinal de menos é o contrário, para reduzir. Por exemplo, se você está em quarta marcha e deseja fazer uma ultrapassagem, basta empurrar a alavanca para frente, nesse momento o câmbio reduz para terceira marcha.

Existe a possibilidade de o carro com câmbio automático também pegar no tranco (empurrando) ou isso não é recomendável ou impossível de se fazer pelo fato do mesmo não oferecer esta alternativa?

Essa possibilidade não existe. Também, de forma geral não é aconselhada essa prática, mesmo em carros com câmbio manual.

Câmbio automático 

Informe-nos a respeito do sistema de câmbio CVT.

O modelo CVT (Continuously Variable Transmission), conta com relações de marcha continuamente variáveis. A principal diferença entre o câmbio CVT e os automáticos tradicionais é que o CVT não tem engrenagens, apenas duas polias de diâmetro variável unidas por uma correia metálica de alta resistência. Esse sistema permite uma aceleração contínua, sem trancos. Assim parece que o carro nunca troca de marchas.

Posso mudar de marcha, manualmente, durante uma ultrapassagem com o objetivo de aumentar o torque mais rapidamente?

Se estiver na posição D, o motorista pode colocar a alavanca em 3, será uma redução de marchas, assim o carro terá mais força para a ultrapassagem. Porém, os carros automáticos contam com um dispositivo instalado embaixo do acelerador. Chama-se “quick down” e nada mais é que um sensor. Se o motorista precisar de uma redução imediata para fazer uma ultrapassagem, basta dar um pisão no acelerador. Nessa pisada o quick down é acionado e a transmissão faz uma ou duas reduções, conforme o caso, e disponibiliza toda a potência do motor.

Se você estiver trafegando a 80 km/h, e passar a marcha de D (drive) para R (ré) o carro engatará a marcha à ré? É possível também na mesma velocidade passar de D para P (parking)? Nas duas modalidades em caso positivo, o que pode ocorrer com o câmbio?

Em movimento, a ré não entra, pois um dispositivo não permite. Nos modelos mais antigos, se o motorista conseguir fazer esse movimento na alavanca o motor apaga, como um fusível a fim de proteger o motor e a transmissão. Na posição D a alavanca não entra em P. Existe uma trava que impede essa movimentação.

4 Comentários Comente

  1. Comprei um cerato 2012 E283 com cambio automático. Nâo sei que tipo de cambio equipa este carro. Se tiptronic, cvt etc. Se alguém souber, por favor me diga qual o tipo de cambio do cerato 6 marchas 2012 E283. Grts.

  2. Simone says:

    Tenho um fiat stilo com cambio automático dualogic. Eu estava na dutra e derrepente a marcha parou de funcionar e o carro parou. Alguém sabe me informar o que fazer? Onde levar? Quanto devo gastar?

  3. Alan says:

    Possuo um cruze automático e quando passo muito rápido do D para o R dá um tranco ao soltar o pé do freio ou ao acelerar para ir para trás. quando a troca é feita com calma e suavidade o tranco não acontece, alguém tem alguma dica?

  4. samuel says:

    tenho um Civic lxr e nele tenho a função S (sport) para mudar para manual basta apertar as borboletas, quando quero voltar para automático volto para o D (drive) e S de novo. Há algum problema? tem algum botão que posso apertar para ficar sempre no S quando quero deixa-lo em sequencial ou automático?

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.